Quadras de Saibro ganham máquina inovadora para manutenção

Após uma longa espera ditada pela pandemia, finalmente o Iate Clube de Brasília pode ver em ação sua nova Máquina Venus TerraRossa, importada da Itália, que foi adquirida pela Vice-diretoria de Tênis.

A equipe de manutenção das quadras de Tênis tiveram a oportunidade de receber as orientações do representante no Brasil da Protennis/Tenisprof, Antônio Lago, que veio especialmente de Fortaleza para demonstrar, testar e operar a moderna e inovadora máquina que, recupera, renova e faz a manutenção do saibro das quadras de tênis de forma rápida, prática e segura.

“Foi uma grata surpresa quando a Venus TerraRossa começou a ser operada e aos poucos todos os presentes puderam atestar a qualidade do equipamento e o resultado e rapidez do manuseio da mesma. Extremamente precisa, a máquina em poucos minutos já tinha deixado mais de 1/3 da quadra toda revitalizada e pronta para ser finalizada”, contou Gilson Luz, Vice-diretor de Tênis. 

O Iate é o primeiro clube no Brasil a ter esta máquina escarificadora de saibro, que torna as manutenções periódicas realizadas nas quadras de saibro muito mais rápidas. Anteriormente, a manutenção levava em média quatro dias de interdição da quadra de saibro e agora pode ser efetuada em algumas horas. “Apesar de já sermos referência no Brasil por termos as melhores quadras de saibro, nossa intenção com essa aquisição é oferecer aos Associados tenistas uma máquina de padrão internacional que vai disponibilizar quadras ainda melhores e com acabamentos de altíssimo nível”, concluiu Gilson Luz.

Disputa por vaga em Roland-Garros reuniu melhores juvenis do Brasil no Iate

Disputar um Grand Slam é o sonho de todo tenista. Em busca deste sonho, 32 jovens atletas competiram, de 07 a 10 de setembro, no Roland-Garros Junior Wild Card Series by Oppo, realizado nas quadras do Iate Clube de Brasília. Ana Candiotto e Nicolas Zanellato foram os campeões do torneio e vão viajar à França com as despesas pagas no fim de setembro para enfrentarem os vencedores da mesma competição na Índia e no México. Essa seletiva vale vaga na chave principal do Roland-Garros Júnior.

Atletas do Instituto Tênis (SP), os dois jovens tiveram uma semana muito consistente no Iate. Atualmente, Ana é a 535ª colocada no ranking mundial juvenil da ITF e Nicolas é o 103º entre os garotos. O título representa um atalho para eles chegarem às grandes competições. “Vai ser incrível estar em Roland-Garros, que sempre foi o meu Grand Slam favorito. Quero treinar muito para aproveitar essa experiência, pois vai ser muito bom estar lá com as melhores do mundo”, comemorou Ana, de apenas 16 anos. “Foi uma semana muito boa, em que consegui apresentar um bom nível de tênis. Eu estou muito feliz por poder ir para a França, poder jogar um Roland-Garros Juvenil e pisar no mesmo saibro em que o Guga pisou”, vibrou Nicolas, de 18 anos.

Com a realização liberada pelo Decreto Nº 41.150/2020 do Distrito Federal, a competição foi realizada em conformidade com as recomendações sanitárias vigentes e adotou uma série de medidas restritivas em relação ao coronavírus. “Foi uma grande honra para o Iate sediar a importante disputa, possibilitada pela parceria entre a Federação Francesa de Tênis e a Confederação Brasileira de Tênis, com a estreita participação também da Federação Brasiliense de Tênis e do Iate Clube de Brasília. Essa união de esforços foi fator decisivo para a chancela da Secretaria de Esporte e Lazer e do Governador Ibaneis Rocha para autorizar esse evento esportivo. Estamos orgulhosos por termos atendido a atender a todas as solicitações e protocolos que o momento exige e termos realizado um evento seguro e com grande qualidade”, afirmou Gilson Luz, Vice-diretor de Tênis.

Iate vai sediar o Roland-Garros Junior Wild Card Series a partir de segunda-feira

Entre os dias 7 e 10 de setembro, o Iate Clube de Brasília será a sede da disputa do Roland-Garros Junior Wild Card Series by Oppo, torneio voltado para atletas da categoria 18 anos.

O torneio será disputado na categoria de simples, com a presença máxima de 32 atletas – 16 na chave masculina e 16 na feminina. Os campeões terão a oportunidade de viajar a Paris no final de setembro, com as despesas pagas, para duelarem com os vencedores das etapas da China e da Índia da mesma competição, valendo vaga na chave principal juvenil de Roland Garros. No ano passado, os paulistas Gustavo Heide e Camilla Bossi foram campeões em Itajaí (SC). Gustavo venceu a seletiva entre países em Paris, garantindo vaga na chave juvenil do Grand Slam francês.

Com a realização liberada pelo Decreto Nº 41.150/2020, publicado no Diário Oficial do DF de 26 de agosto, a competição será realizada em conformidade com as recomendações sanitárias vigentes no Distrito Federal, em Brasília, e também de acordo com os protocolos da Federação Internacional de Tênis (ITF) e Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Entre as medidas de combate e controle ao coronavírus estão, por exemplo, a testagem dos atletas para Covid, a aferição de temperatura na entrada do local de competição, a disponibilização de álcool gel em diferentes lugares do clube, a rigorosa logística para a presença de apenas atletas envolvidos com os jogos em seus respectivos horários, a utilização de equipamentos individuais e descartáveis, a desinfecção de equipamentos e locais pré e pós-jogos, entre outros. O evento não contará com a presença de público externo e poderá ser acompanhado apenas pelos Sócios do Iate, cumprindo as determinações de distanciamento mínimo.

“O completo complexo tenístico do Iate, o mais moderno de Brasília, foi decisivo na escolha do Clube para sediar tão relevante evento. Somos também referência em organização de grandes eventos esportivos e estamos preparados para atender a todas as reivindicações e protocolos que o momento pede e faremos um evento seguro e com grande qualidade”, explicou o Vice-diretor de Tênis, Gilson Luz.

O Roland-Garros Junior Wild Card Series by Oppo é realizado desde 2015, em uma parceria entre a Federação Francesa de Tênis e a Confederação Brasileira de Tênis (CBT). O evento conta com o apoio local da Secretaria de Esporte e Lazer do Governo do Distrito Federal e da Federação Brasiliense de Tênis.

“É uma satisfação ímpar realizar este torneio que oferece uma oportunidade única para os jovens tenistas brasileiros. Temos o privilégio de sermos um entre apenas três países que realizam o Roland-Garros Junior Wild Card Series, o qual tenho plena convicção que é resultado da forte relação institucional que temos com a Federação Francesa de Tênis (FFT)”, destaca Rafael Westrupp, presidente da Confederação Brasileira de Tênis.

Iate vai sediar o Roland-Garros Junior Wild Card Series em setembro

Possuidor do mais completo e moderno complexo tenístico do Distrito Federal, o Iate Clube de Brasília é o candidato favorito para sediar o primeiro grande campeonato da modalidade pós pandemia. Autorizado pelo governador Ibaneis Rocha, por meio do Decreto 41.150, publicado no Diário Oficial do dia 25 de agosto (conteúdo completo nesta matéria), o Roland-Garros Junior Wild Card Series será realizado na capital federal, pela primeira vez, entre os dias 7 e 10 de setembro.

O evento deverá respeitar rígidos protocolos de segurança, como ausência de público; número reduzido de competidores, que deverão ser submetidos previamente aos exames de Covid-19, assim como os demais profissionais envolvidos; e a desinfecção de todos os equipamentos e ambientes da quadra, antes e após os treinos, entre outros.

Organizado pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e pela Federação Brasiliense de Tênis, com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer, o evento vai reunir atletas de todo o país, das categorias 18 anos, que vão disputar uma vaga na chave principal do Grand Slam francês, previsto para acontecer em Paris no início de setembro. As inscrições estão abertas pelo site https://www.tenisintegrado.com.br/torneio_painel_insc/index/12705 e vão até 1º de setembro.

Quadras de saibro são renovadas

Os tenistas terão uma bela surpresa quando puderem retomar a prática esportiva no Iate. Após a reforma das quatro quadras de saibro cobertas, com a realização das obras de revitalização da cobertura (quadras de números 04, 05, 06 e 07), a equipe de manutenção de quadras não ficou parada durante o fechamento do Iate por conta do isolamento social e trabalhou arduamente para reformar mais quatro quadras de saibro descobertas (quadras de números 01, 02, 03 e 08).

Com isso, quando houver a reabertura do Clube, o Associado praticante do Tênis terá à sua disposição oito quadras totalmente reformadas, com a retirada e escarificação da camada superficial de saibro, colocação de uma nova camada de saibro, troca da tubulação de água antiga, nivelamento das laterais e fundos de quadra e colocação de novas linhas de demarcação de quadras em cinco delas. Para as obras, foram utilizados os melhores materiais do mercado em todas as quadras, como saibro, pó de telha e pó de tijolo.

“As quadras de saibro do Iate Clube, que já são consideradas uma das melhores do Brasil na opinião abalizada de jogadores que disputam torneios nacionais e internacionais, terão com essa reforma um diferencial aumento de qualidade e aliado ainda com a importante manutenção diária feita pela nossa competente equipe, uma jogabilidade perfeita para os tenistas associados. Quando o Clube reabrir, o que ansiosamente aguardamos, os jogadores poderão desfrutar dessa comodidade que fizemos especialmente para eles”, contou o Vice-diretor de Tênis, Gilson Luz.

Sul-americano de Tênis foi sucesso absoluto no Iate

O Iate recebeu uma das competições mais importantes do calendário infanto-juvenil de Tênis na América do Sul, a Copa BRB – Sul-americano de Tênis 18 anos. Devido ao elevado grau de pontuação no ranking mundial juvenil da ITF (International Tennis Federation), o torneio reuniu alguns dos melhores nomes do continente nas disputas. Foram 96 atletas de 10 países.

Gustavo Heide foi o campeão da categoria Masculina. No sábado, dia 22, o atleta de Ribeirão Preto (SP) derrotou o baiano Natan Rodrigues na final por 2 sets a 0. Por causa do bom desempenho, os brasileiros devem apresentar boa evolução na lista na próxima atualização. Gustavo atualmente é o 29º colocado e Natan é o 11º do ranking mundial juvenil.

Entre as mulheres, a jovem argentina Solana Sierra, de apenas 15 anos, ficou com o troféu ao derrotar a equatoriana Mell Gonzalez. Apesar de a equatoriana melhorar de desempenho durante a partida, a argentina conseguiu manter a eficiência nos momentos críticos do jogo.

Na sexta-feira passada, foram disputadas as finais das duplas. As peruanas Dana Guzman e Daianne Hayashida levaram a melhor sobre a dupla formada pela uruguaia Guillermina Grant e pela peruana Camila Soares na decisão. No masculino, Natan Rodrigues e Bruno Oliveira enfrentaram os argentinos Roman Burruchaga e Santiago De La Fuente, que venceram por duplo 6/4 e ficaram com o título.

IATE VAI SEDIAR UM DOS MAIORES TORNEIOS DE TÊNIS INFANTOJUVENIL DA AMÉRICA DO SUL

O Brasil está no centro do Tênis infantojuvenil da América do Sul. Neste começo de 2020, os principais atletas juvenis do continente competem em grandes torneios realizados aqui. Um deles é a Copa BRB – Sul-Americano de Tênis 18 Anos, que vai movimentar as quadras do Iate Clube de Brasília, de 17 a 22 de fevereiro.

Parte do World Tennis Tour Juniors GB1, a competição vale pontos para o ranking mundial juvenil da Federação Internacional de Tênis (ITF), mas é exclusiva para atletas sulamericanos. Por isso, devido ao elevado grau de pontuação, a expectativa é que os maiores nomes da atualidade entre
os jovens e as futuras promessas do circuito profissional participem do evento.

“Esta é a primeira vez que este torneio acontece em Brasília e é uma grande honra para o Iate sediá-lo. Trata-se de uma das competições mais importantes para o tênis Sul-americano juvenil, de nível técnico altíssimo
e com toda certeza, vai revelar futuras promessas para o circuito profissional. A excelente estrutura física do Iate foi fundamental para recebermos tão relevante evento e vamos trabalhar para aliar nossa usual hospitalidade, ao saudável convívio entre os atletas e torcer por belas e disputadas partidas”, disse o Vice-diretor de Tênis, Gilson Luz.

No masculino, são esperados alguns nomes que estão no top 100 juvenil, como os brasileiros Natan Rodrigues (16º), Gustavo Heide (32º) e Bruno Oliveira (46º), além dos argentinos Roman Burruchaga (37º), Alex Barrena (39º) e o venezuelano Lorenzo Claverie (68). A peruana Dana Guzman (21ª), a equatoriana Mell Gonzalez (37ª) e a uruguaia Guillermina Grant (62ª) são algumas das mulheres que devem compor a chave feminina.

Realizado em São Paulo nos últimos anos, o torneio chega a Brasília em um importante momento do Tênis brasileiro. O país sediou, desde o início de fevereiro, o Brasil Juniors Cup (em Porto Alegre) e o Banana Bowl (em
Criciúma e no Rio de Janeiro). Agora, o circuito vem para Brasília, cidade com tradição em realizar grandes eventos da modalidade e que já revelou grandes atletas para o esporte.

Grandes nomes passaram pelo torneio ao longo dos anos. O campeão da última edição foi o argentino Thiago Tirante, que encerrou 2019 como o número 1 do mundo na categoria juvenil. Em 2018, o campeão foi o brasiliense Gilbert Klier Júnior, que no mesmo ano conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude. Felipe Meligeni também brilhou na competição em 2016, quando ficou com o título.