Nas piscinas e nas águas abertas, Iate fecha mais um excelente ano na natação

Considerada um dos esportes mais tradicionais do Clube, a natação segue acumulando vitórias nas competições por todo o país. As grandes performances dos atletas ao longo de 2021 levaram o Iate a ocupar a 13ª colocação no Ranking Nacional de Clubes 2021, entre mais de 100 clubes, sendo o melhor classificado de todo o Centro-Oeste.

Isabela David obteve excelentes resultados em diversas competições regionais. A nível nacional, entre as várias conquistas, a nadadora foi vice-campeã brasileira nas provas de 100m e 200m costas ao participar dos Campeonatos Brasileiros Interclubes (CBIs) Juvenil de Inverno e Verão. Além da segunda colocação nas provas de costas, Isabela nadou mais cinco provas individuais e acabou entre as oito melhores do Brasil em mais três provas.

Outros significantes resultados foram alcançados pela Iatista Luísa Queiroga. No CBI Infantil de Inverno, sua primeira participação em uma competição de grande porte, Luísa obteve resultados expressivos: um quarto lugar nos 200m costas e dois sétimos lugares – 100m costas e 200m medley. 

Já no CBI de Verão, a esportista alcançou a 7ª colocação nos 100m costas. Luísa também participou da 4ª etapa do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil de Maratonas Aquáticas, conquistando o vice-campeonato da categoria Infantil da Copa Brasil.

Miguel Garcia e Leonardo Medeiros, atletas da categoria Júnior, competiram no  Campeonato Brasileiro Interclubes Júnior de Natação – Troféu Júlio de Lamare, em evento ocorrido no Rio de Janeiro. Garcia conquistou duas medalhas de bronze nas provas de 1500m livre e 200m medley, além de ter ficado entre os oito melhores do Brasil em mais quatro provas. Leonardo, por sua vez, disputou três provas e acabou entre os oito melhores do Brasil em duas provas que disputou.

Na categoria Sênior, a atleta Luiza Celidônio brilhou nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), tendo  conquistado três medalhas: uma de prata nos 200m peito e duas de bronze nos 50m e 100m peito. Luiza também participou, ao lado de Kalebe Andrade, dos Campeonatos Brasileiros Interclubes Sênior de Inverno e de Verão.

Nas seis etapas do CBI de Maratonas Aquáticas de 2021, vários atletas do Iate garantiram medalhas para o Clube. Victor Moreno foi finalista no Campeonato Brasileiro Interclubes de Verão, além de ter sido campeão na categoria juvenil no Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, o qual foi realizado no Iate Clube no mês de setembro. Com esse resultado, Victor foi selecionado para fazer parte da equipe da Seleção Brasileira de Maratonas Aquáticas que disputaria a Copa Pacífico.

Os atletas da equipe Master também brilharam nas piscinas do DF e, em especial, na  XIII Copa Comodoro Master de Natação, realizada no Clube em dezembro. O sucesso foi enorme e a equipe do Iate foi a campeã, com a somatória de 1.297 pontos. Os Iatistas Paula Bigogno Chaves Vaz, Helane Quezado de Magalhães, Rita de Cássia Oliveira, Edward Cattete Pinheiro Filho e Maurício Antônio do Amaral Carvalho ainda superaram vários recordes do evento. 

A vice-Diretora de Esportes Aquáticos, Ignez David, expressou contentamento pelo ano repleto de vitórias e evoluções: “Por mais que 2021 tenha permanecido atípico, toda a equipe Iatista continuou focada em desenvolver os atletas do Clube, garantindo a evolução contínua dos nadadores. Com essa atitude, pudemos finalizar 2021 com numerosas conquistas”.

Ela lembra ainda que a equipe de formação Touca Estrela cresceu muito nos últimos meses do ano, a partir do excelente trabalho realizado pelos técnicos responsáveis. Os professores identificaram novos talentos para compor o time de base que, futuramente, irá para a equipe federada representar o Clube nas competições locais e nacionais. 

Segundo Ignez, 2022 promete ser um ano ainda melhor. “Com uma rubrica maior de investimentos para os esportes aquáticos, após a aprovação do orçamento, estamos muito otimistas. Serão adquiridos novos materiais e equipamentos, além da realização de clínicas de aperfeiçoamento e outros eventos. Nossa meta é melhorar ainda mais o posicionamento do Iate Clube de Brasília no ranking nacional da CBDA e do CBC”.