Iate terá representantes da classe Optimist em eventos internacionais

A subsede de Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina foi palco do Campeonato Sul-Brasileiro de Optimist, realizado entre 9 e 13 de março, o qual contou com a participação de 131 velejadores com idades entre 8 e 14 anos.

O campeonato, bem como o Brasileiro (ocorrido em janeiro deste ano), são válidos como seletiva para a formação das equipes do Brasil para as competições internacionais de 2022.

As regatas tiveram condições difíceis, com variações de intensidade e direção de vento e oscilações de temperatura, o que exigiu boa preparação técnica e física dos velejadores. 

A equipe do Iate Clube de Brasília contou com velejadores experientes em competições nacionais, bem como atletas recém-promovidos da categoria estreante, todos oriundos da Escola de Vela do Iate.

Breno José Macieira (11 anos) foi o 14º colocado no campeonato. Com o resultado, garantiu uma vaga no Campeonato Sul-Americano, que ocorrerá no Rio de Janeiro, de 7 a 14 de outubro.

Renato Gomez Lunetta ficou na 26ª posição e, combinando com sua excelente participação no Campeonato Brasileiro, assegurou vagas tanto para o Sul quanto para o Norte-Americano, a ser disputado em Nassau (Bahamas), de 13 a 20 de novembro.

A jovem Vitória Viegas também vai participar do Sul-Americano, após ficar em 27º lugar geral e em 8° na categoria feminino. Já o Iatista Uthar Matheus Veiga mostrou grande evolução ao conquistar a 33ª colocação. 

No grupo dos novos atletas, participaram do campeonato Luz Maria Goytisolo, Antônio Latif Ferreira Fakhour, Arthur Azevedo Dietzsch, Bernardo Mano Raulino e Pedro Araújo Rodrigues. Velejando em ventos de até 20 nós e ondas de quase 2 metros, demonstraram estar prontos para encarar quaisquer condições de regata.

A Diretoria de Esportes Náuticos parabeniza todos os atletas e os técnicos Felipe Rondina e Ricardo Paranhos.