Esclarecimentos sobre a reforma da Piscina do Feijão

No início deste mês, a Diretoria de Engenharia iniciou uma ampla reforma na Piscina do Feijão. 

A obra fez-se necessária em virtude de alguns acidentes registrados nos últimos meses devido à soltura e quebra das pastilhas. Ante às manifestações dos sócios e sob pena do espaço ser interditado, a gestão, rapidamente, iniciou a reforma, a qual deve durar, no máximo, 90 dias.

O prazo de conclusão da obra decorre de diversos fatores, conforme explica o engenheiro Adilson Codeceira. “Temos uma piscina com, aproximadamente, 850 m² de revestimento, que deve passar por uma manutenção profunda, dado à sua antiguidade e valor histórico, mas que, justamente pelo passar dos anos, começou a apresentar problemas como fissuras, infiltrações, soltura e rompimento do revestimento em pastilha, entre outros”.

Nesse sentido, os funcionários estão fazendo um trabalho minucioso ao verificar detalhadamente as pastilhas que estão rachadas, soltas e com colorações diferentes para serem trocadas, bem como a substituição parcial do contrapiso e reboco. Ademais, está sendo feita uma inspeção na estrutura de concreto para identificação de possíveis patologias a exemplo de fissuras, para imediato tratamento e correção. 

Ainda de acordo com a Codeceira, será feito o rejuntamento de toda a área revestida no intuito de reforçar a fixação lateral desses pequenos elementos de cerâmica e a impermeabilização da estrutura.