Conselho Diretor faz adequações no orçamento de 2021

Conforme estabelecido nos normativos do Iate Clube de Brasília, em todo início e meio de ano, o Conselho Diretor propõe ao Conselho Deliberativo alguns ajustes e remanejamentos no orçamento aprovado para o exercício. 

“Neste ano de 2021, ainda estamos vivendo o cenário de incertezas causadas pela pandemia da Covid-19, que nos aterroriza desde fevereiro de 2020, quando tivemos notícias dos primeiros casos no Brasil. Por isso, é necessário agir com muita cautela quando o assunto é o orçamento”, analisa o Diretor Financeiro, João Alfredo Uchôa.

Em função disso, desde o primeiro semestre de 2020, o Iate vem ajustando suas contas e metas orçamentárias para continuar a manter sua infraestrutura e patrimônio em plenas condições de honrar seus compromissos e atender às demandas do Associado. 

Para o orçamento 2021, não foi diferente, já que o cenário de pandemia continua grave e os custos de manutenção se elevaram muito, principalmente materiais de construção e de limpeza. Diante disso, o Conselho Diretor, em sintonia com as diretrizes do Conselho Deliberativo, teve que adotar uma série de adequações no orçamento de despesas e receitas do corrente ano.

“Neste primeiro trimestre, mesmo após a reabertura do Clube, após um mês de fechamento, existem alguns serviços que estão funcionando de forma contingenciada, em função do isolamento e distanciamento, além de outras medidas sanitárias”, lembra Uchôa.

“Trata-se de um grande esforço e de um trabalho extremamente minucioso para não trazer prejuízos aos Sócios na qualidade e na segurança dos serviços oferecidos. Agora, a proposta será enviada ao Conselho Deliberativo, mas continuaremos atentos a eventuais ajustes que se fizerem necessários”, acrescenta o Comodoro Flávio Pimentel.

Iniciativas celebram o mês do trabalhador

A Diretoria de Administração e de Recursos Humanos (DARH) realiza em maio, mês em que se comemora o Dia do Trabalhador, uma série de ações alusivas à data.

A primeira delas, foi a entrega do Refeitório dos Funcionários. Localizado onde era a Cantina dos Funcionários, agora, os colaboradores têm um espaço exclusivo para que realizem todas as suas refeições com tranquilidade. 

Outra iniciativa, organizada em parceria com a Diretoria Médica, será a vacinação contra a gripe, tendo em vista que o público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza praticamente não abrange os funcionários do Clube.

“Adquirimos, inclusive, um imunizante tetravalente, ou seja, ainda melhor do que o oferecido pela rede pública, pois previne as pessoas contra ainda mais cepas da Influenza. A vacinação contra a gripe é uma arma importante na redução de incidência de doenças respiratórias nesse momento sazonal, em que sintomas comuns entre a gripe e a Covid-19 acabam fazendo muitas pessoas buscarem atendimento médico”, esclarece o  Diretor Médico, Luiz Alberto Mendonça.

Luciane Zanella, Diretora da DARH, afirma que são várias as recomendações de vacinação contra a Influenza para todas as categorias profissionais, entre as quais por ser a maior causa de absenteísmo no trabalho. 

”A vacinação dos nossos funcionários contra a gripe, não só irá reduzir os riscos do aparecimento da doença no ambiente laboral, como irá contribuir na prevenção nacional contra a doença, trazendo sensação de bem-estar aos colaboradores”, avalia Luciane Zanella.

Por fim, neste mês também inicia o programa de premiação “Tripulante de Mérito”. Até o final do ano, os colaboradores passarão por avaliações de desempenho e, aqueles que se destacarem, receberão premiações exclusivas. 

Prevenção contra a Covid-19 deve ser mantida mesmo com a 2ª dose da vacina

Segundo a Secretaria de Saúde do DF, desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, o número de casos, internações e óbitos pela doença nos grupos já vacinados tem diminuído consideravelmente. O órgão registrou queda de 62% nos registros de novos casos da doença em idosos com 75 anos ou mais, comparando os meses de março e abril de 2021. Quando se refere ao número de óbitos, a queda foi de 87%, considerando o mesmo período.

No entanto, o Diretor Médico do Iate Clube de Brasília, Luiz Alberto Mendonça, alerta que, mesmo após as duas doses das vacinas, é necessário manter os cuidados preventivos. “Ainda que a pessoa esteja imunizada, há chances de contrair a Covid-19. É importante lembrar que as vacinas objetivam a diminuição de casos, principalmente graves, e de óbitos de determinadas doenças”, reforça.

Ele lembra que a Covid-19 é uma doença relativamente nova e, por isso, as vacinas disponíveis continuam em evolução, numa tentativa de aumentar a eficácia e de abranger a maior quantidade possível de cepas. “Logo, é fundamental que as pessoas continuem mantendo o distanciamento social de, no mínimo, 2 metros; usando máscara; lavando as mãos e fazendo o uso do álcool em gel”, frisa o Diretor.

Foto: Secretaria de Saúde do DF

Iate investe na formação de atletas olímpicos

No segundo semestre de 2020, o Iate Clube apresentou um projeto de acordo com o Edital nº 8 do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), voltado para a contratação de profissionais técnicos e multidisciplinares que irão trabalhar com os atletas das seguintes modalidades: vela, voleibol, tênis e natação.

Com a aprovação do projeto, o Iate recebeu, para o ciclo Olímpico 2021 e 2024, cerca de R$ 929.600,00, destinado ao custeio do salário líquido dos profissionais. Logo no início deste ano, foram realizadas as contratações do técnico estratégico esportivo, Rui Campos do Nascimento, e do preparador físico Fábio Ramos. 

“Por meio do edital do CBC, clubes como o Iate conseguiram manter ou contratar equipes técnicas e garantir a manutenção do projeto de formação de atletas olímpicos, mesmo em meio ao cenário de pandemia. Trata-se de um medida que, dos pontos de vista profissional, esportivo e social, é muito importante para o esporte brasileiro”, avalia Rui Campos.

Com parte da equipe montada e um espaço revitalizado, o Clube deu início ao projeto do CBC. Nas salas, com a orientação e a supervisão do professor Fábio Ramos, alunos dos 7 aos 26 anos são divididos em turmas, conforme a faixa etária, e realizam, principalmente, treinos de ginástica funcional e valências físicas, envolvendo o próprio peso do corpo, além do uso de equipamentos como escadas de agilidade, cones, elásticos, medicine ball, kettlebell, step, entre outros.

Para que as aulas aconteçam com segurança, os alunos fazem a higienização antes de adentrar ao espaço. O professor também é responsável por garantir o distanciamento social de, no mínimo, 2 metros e as equipes de limpeza do Iate fazem a desinfecção do ambiente no intervalo entre as aulas. 

O estrategista Rui Campos explica que os atletas integrantes do projeto são selecionados pelos técnicos principais das respectivas modalidades. “Alguns já representam o Clube em competições esportivas e outros, futuramente, poderão representar. Além disso, o trabalho desenvolvido é complementar ao realizado pela Academia do Iate”, acrescenta. 

“Em breve, mais materiais serão adquiridos pelo Clube por meio do Edital n° 9 do CBC. Com este conjunto de iniciativas, fortalecemos o viés esportivo do Iate ao proporcionar as ferramentas necessárias para revelar novos talentos da Família Iatista”, finaliza Campos.

Retorno das escolinhas esportivas

Após a finalização dos protocolos de biossegurança, as escolinhas de iniciação das variadas modalidades esportivas oferecidas pelo Clube puderam ser retomadas. 

A Administração solicita aos Sócios que leiam atentamente e cumpram as disposições contidas nos documentos, principalmente, critérios como uso de máscara, não aglomeração e sem contato físico ou de muita aproximação, bem como a proibição do compartilhamento de materiais. 

Os protocolos estão fixados em locais visíveis nas áreas dos respectivos esportes. Para facilitar, os arquivos também estão disponíveis em nosso site. CLIQUE AQUI E VEJA TODOS OS PROTOCOLOS. 

Vôlei – Entre as novidades esportivas para este ano, está o vôlei de praia  para adolescentes e adultos iniciantes (turmas de 14 a 19 anos e acima de 20 anos). Lembrando que ainda há as turmas de 7 a 16 anos do vôlei de quadra. 

Para mais informações, entre em contato com a Secretaria de Esportes Coletivos 3329-8783 .

Corredores doam sangue e fazem avaliação para novo desafio

Após o cadastro e verificação das condições ideais para a doação de sangue, cerca de 30 atletas do Clube de Corrida do Iate foram ao Hemocentro de Brasília para a coleta de sangue. 

A ação foi idealizada pela professora Larissa Pacheco que, diante do baixo nível dos estoques de sangue, solicitou a participação dos corredores, os quais prontamente atenderam ao chamado e fizeram a doação. O material doado será enviado ao Hospital da Criança de Brasília. Cada doador poderá salvar até três vidas com seu generoso gesto de amor e solidariedade.

Em reconhecimento, o Clube de Corrida irá ofertar a cada atleta-doador uma camiseta para que a ação não seja esquecida e possa atrair um número maior de pessoas à doação de sangue.

Em outra iniciativa, os atletas passaram por avaliações físicas completas para o início do chamado “Desafio de 60 dias”. Segundo a vice-Diretora de Corrida, Ana Paula Mantovani, “a ideia é fomentar entre os corredores iniciativas que vão desde a realização dos treinos até a alimentação saudável, a hidratação adequada, o sono tranquilo entre outras”.

Cada aluno fez sua avaliação individualizada para início das atividades, marcada para o dia 1° de maio. Serão realizadas ainda duas outras medições, com 30 e 60 dias, para que possam ser comparadas e verificadas as evoluções de cada um dos corredores participantes do desafio.

O encerramento do desafio deve ocorrer no início de julho com a realização de uma corrida que já está sendo planejada pela vice-Diretoria de Corrida.

Cuidados com o patrimônio do Clube

Com o objetivo de levar ao conhecimento dos Associados a história do Iate por trás das imagens fotográficas e das telas, com o apoio do Diretor Cultural, Flávio Schegerin Ribeiro, a vice-Diretora Cultural, Sílvia Sbardellini Frabetti, realiza um trabalho permanente de restauração e de realocação das obras, espalhando arte e história por todo o Clube.

Em 2016, a vice-Diretora, com apoio de um funcionário da Engenharia e da funcionária do Cultural Vanderlina, restaurou cerca de 50 obras de artes que estavam com as molduras e as telas danificadas. Após as restaurações, as obras ficaram expostas no Iate TV para que os Sócios pudessem apreciar as telas que até hoje enfeitam nossos ambientes. Com o sucesso dessa exposição, várias outras aconteceram no espaço.  Deu-se início a realização de outras exposições no espaço.

Segundo Sílvia Sbardellini Frabetti, “a ação teve como objetivo proporcionar bem-estar aos Sócios e aos colaboradores. Esse trabalho constante, além de decorar os ambientes do Clube, nos possibilita zelar, permanentemente, pelo acervo”, explica.

Outra ação relevante, idealizada e conduzida pela vice-Diretora desde 2016, são os Espaços de Leitura dedicados aos apaixonados por literatura. Atualmente, são quatro pontos: no hall do DOL, na Secretaria do Tênis, no Iate TV e no Setor Náutico.

Nossa história – Continuando nossa série de fatos históricos sobre o Clube ao longo dos seus 61 anos, na primeira foto, temos uma vista aberta da Piscina do Feijão  na década de 80.

A primeira edição da tradicional Colônia de Férias do Iate foi realizada em 1980. Vejam quantas crianças já prestigiavam o evento desde então.

O Pavilhão Carlos Ramos, uma homenagem ao médico que foi um dos grandes incentivadores dos esportes náuticos de Brasília, foi inaugurado em março de 1988. Mais tarde, o local foi batizado de Bar do Farol e hoje é um dos pontos mais bonitos do Iate.

Garanta a sua vaga para os próximos cursos do Emiate

Os Sócios interessados podem fazer suas pré-inscrições para os cursos presenciais de violino, coro e mosaico, cujas aulas irão iniciar no mês de maio de 2021, mediante o cumprimento do protocolo de biossegurança estabelecido para o setor. 

Na última semana, foram retomadas as atividades dos cursos presenciais de pintura e de violão, bem como dos projetos Ritmos e Viva Mais. Em todas as aulas, professores e alunos têm cumprido as medidas de prevenção como o uso de máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social mínimo de 2 metros.

As aulas do Viva Mais acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 10h às 11h, e das 15h às 16h, com número limitado ao máximo de dez alunos por turma. Já as aulas de Ritmos ocorrem às quartas-feiras, no rinque de patinação, das 11h às 12h30, limitadas a  20 alunos por turma. 

Tem interesse em fazer alguma atividade do Emiate? Entre em contato com a coordenação: presencialmente (1° andar do Edifício Multifunções), pelos telefones 3329-8745/8815 ou pelo WhatsApp (61) 9.9674-7786, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Convocação para uso de vaga de embarcação

Em atendimento ao artigo 5º do Regulamento Interno do Setor Náutico (RISN), a Diretoria de Esportes Náuticos comunica a concessão de direito de uso de vaga para lancha e veleiros no pátio da Marina do Iate. O Sócio convocado poderá trazer sua embarcação no prazo máximo de 90 dias, na qual ensejará a cobrança da taxa de utilização, contados a partir desta publicação, lembrando que deve ser cumprido previamente o disposto no artigo 6º do RISN.

Emissão de convites segue suspensa

Desde o dia 1° de fevereiro de 2021, o Comodoro do Iate Clube de Brasília decidiu, ad referendum do Conselho Diretor, SUSPENDER A EMISSÃO DE CONVITES POR TEMPO INDETERMINADO. O comunicado acerca da reabertura do Clube, amplamente divulgado no dia 28 de março de 2021, reforça a informação, afinal, também consta do documento que é vedado o acesso de convidados.

A revogação das liberações ocorreu após o Clube registrar, ainda no mês de janeiro, um volume acima do esperado de frequentadores, e alguns desrespeitaram as normas internas de segurança do Iate, em especial quanto não usar máscara de proteção facial e não manter o distanciamento social.

Ademais, reforçamos a necessidade de que os Associados observem, obrigatoriamente, os protocolos e as medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias e pelo Iate Clube, inclusive:

– O distanciamento social de, no mínimo, dois metros entre as pessoas;
– O uso de álcool em gel 70% para higienização das mãos, sendo que o álcool é fornecido pelo Clube; e
– A utilização, durante todo o período em que estiver nas dependências do Clube, de máscaras de proteção facial, conforme disposto na Lei nº 6.559, de 23 de abril de 2020, e no Decreto nº 40.648, de 23 de abril de 2020.

Essas medidas são importantes para garantir a saúde do Associado, dos mais idosos e dos funcionários do Iate.

Publicado em 25 de abril de 2021.