Regras para acesso ao Iate dos Sócios Proprietários de Embarcações

O Governo do Distrito Federal (GDF) liberou o acesso aos donos de embarcações (veículos automotores) dentro das áreas de marinas de clubes recreativos localizados na orla do Lago Paranoá. A permissão foi publicada na edição do Diário Oficial do DF (DODF) da última segunda-feira, dia 20 de abril, Portaria Conjunta n० 05. Desta forma, fica liberado o funcionamento dos barcos e sua manutenção, mesmo durante o período de isolamento social. A medida considera toda a cadeia produtiva do segmento de veículos automotores, incluindo barcos.

Para o cumprimento da determinação sem que haja prejuízos para a saúde e bem estar de Sócios e funcionários, deverão ser observadas as seguintes regras para o acesso dos proprietários que possuem embarcações registradas na Marina do Iate Clube de Brasília:

– Será dado acesso ao Clube aos proprietários de embarcações que tenham o registro da Marinha em seu nome (proprietário ou co-proprietário) e registrado na Secretaria Náutica;

– O Sócio deverá solicitar o acesso à Secretaria Náutica e, após a conferência, será lançada uma permissão provisória para o dia e horário solicitado;

– O Sócio poderá indicar seu dependente para acessar e dar manutenção à embarcação;

– Não será expedido convite e autorização de embarque para não sócio;

– O Sócio deverá permanecer somente nas dependências do Setor Náutico;

– O acesso será para fazer manutenção na embarcação, limpeza e vistoria.

Deverão ser observadas, ainda, as orientações das organizações de saúde para evitar a proliferação do Novo Coronavírus. Assim, aqueles que obtiverem a permissão provisória para entrar no Iate, deverão usar máscaras, álcool em gel e respeitar o distanciamento de pelo menos 1,5m das outras pessoas, evitando aglomerações.

Mais informações na Secretaria Náutica, pelos telefones (61) 3329-8747 e 3329-8748. Atendimento todos os dias das 9h às 17h.

Revenda de Coletes Salva Vidas

A Diretoria de Esportes Náuticos informa que tem disponível para revenda, na Secretaria Náutica, coletes salva vidas da marca Nob Multisports, modelos Sailing Pro e de Nylon, considerados os melhores de fabricação nacional para velejadores e praticantes de esportes náuticos. 

Preços dos Coletes
ModeloValor Unitário
Colete LaranjaR$ 250,00
Colete Azul (tamanho P)R$ 385,00
Colete Azul (tamanho M)R$ 405,00
Colete Azul (tamanho G)R$ 415,00
Colete Azul (tamanho GG)R$ 435,00

Adiamento de torneios e suspensão de treinos e da Escola de Vela Infantil

Tendo em vista o Ato da Comodoria referente ao coronavírus, a Diretoria de Esportes Náuticos do Iate Clube de Brasília comunica que o Torneio Guilherme Raulino da Classe Laser, a Taça Jeffrey Shaw da Classe Snipe, a Taça João Ramos da Classe Laser e a Regata 6 horas da Classe Dingue, que aconteceriam nos três próximos finais de semana (21, 22, 28 e 29 de março e 5 de abril), foram adiados. As novas datas ainda serão definidas. As aulas da Escola de Vela Infantil e treinos da Vela Jovem também estão suspensas.

Regata Conselho Deliberativo adiada!

A Diretoria de Esportes Náuticos informa que a Regata Conselho Deliberativo, que seria realizada neste fim de semana foi adiada, devido às medidas que estão sendo tomadas pelo Governo do Distrito Federal referente ao novo coronavírus. A nova data será definida e informada em breve aqui no Jornal do Iate e nas redes sociais do Clube.

Resultado da Seletiva da Classe Optimist

Quatro velejadores com idade entre de 10 e 11 anos representaram o Iate Clube de Brasília na Seletiva da Classe Optimist, de 01 a 07 de março, no Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, em Florianópolis (SC). O evento contou com a participação de 74 atletas e definiu as classificações para os campeonatos Mundial, Europeu, Norte-Americano e Asiático.

Renato Gomez Lunetta conquistou o 3º Lugar Infantil, Vitória Borges Viegas de Lima (Vivi), o 4º Lugar Infantil Feminino, Caio Lemos de Mesquita, o 5º lugar Mirim, e Isabela Franke Rosas, o 2º Lugar Mirim Feminino. Vivi conquistou a vaga e poderá optar para correr o Campeonato Norte Americano da Classe Optimist em Cancún, no México, ou o Campeonato Asiático, no Sri lanka, na Índia, em 2020.

Escola de Vela Adulto

O Iate oferece aula de Vela iniciante para o público adulto, com barcos completos e coletes salva-vidas. O curso tem duração de 12 horas (2 horas por dia), em dias flexíveis. O aluno pode velejar em barcos Veleiros Cabinados, classe Dingue e/ou Soling. O Iate tem o intuito de formar velejadores que futuramente poderão adquirir e ter seus próprios barcos e até participar de competições no Lago Paranoá. Para Sócios, o curso tem um custo de R$ 400,00 e, para convidados de Sócios, o curso custa R$ 450,00. Informações, inscrições e detalhes sobre as aulas, na Secretaria Náutica (3329-8747/8748).

Resultados do Campeonato Brasileiro da Classe Finn

Foi realizado, de 26 de fevereiro a 01 de março, o Campeonato Brasileiro da Classe Finn, organizado pelo Iate Clube de Brasília, com o apoio da Confederação Brasileira de Vela (CBVELA) e da Federação Náutica de Brasília (FNB). O evento contou com a participação de 16 velejadores de três estados (Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo) e seis clubes (ICB-DF, AABB-DF, CMIC-DF CNC-RJ, YCP-SP e YCSA-SP).

O Campeão Brasileiro da Classe Finn foi o atleta Antonio Carvalho Moreira, do Clube Naval Charitas/RJ/MB, o ViceCampeão foi o Sócio do Iate Clube de Brasília, Rodrigo Carvalho Mendonça, e em 3º lugar, ficou Juliano Camargo Rosas, também Sócio do Iate Clube de Brasília e Vice-diretor de Escolas Náuticas. Os primeiros colocados de cada categoria foram Juliano Camargo Rosas (1º Master); Robert de Macedo S. Rittscher, do Yatch Club Paulista (1º Grand Master); Carlos Alberto de Miranda Aviz, do Iate Clube de Brasília (1º Great Grand Master); Rommel Augusto da Silva Castro, do Iate Clube de Brasília (1º Legend); Rodrigo Carvalho Mendonça, do Iate Clube de Brasília (1º Peso Pena), e Cristiano Rushmann, do Yacht Club Santo Amaro (1º Peso Jumbo).

REGATA CONSELHO DELIBERATIVO DO IATE SERÁ NO PRÓXIMO FIM DE SEMANA

Os proprietários de barcos à vela podem se preparar para participar, no próximo fim de semana, dias 14 e 15 de março, da tradicional Regata Conselho Deliberativo. Disputada pelo 25º ano, a Regata foi criada para homenagear os integrantes do Conselho Deliberativo pela dedicação ao Iate Clube de Brasília, e é considerada a primeira grande competição anual do calendário interno do Clube.

A Diretoria de Esportes Náuticos estima a participação de mais de 120 embarcações entre Monotipos e Veleiros Cabinados, com aproximadamente 250 velejadores nos dois dias de competições.

A largada das regatas da Classe Optimist está marcada para às 9h30 de sábado, dia 14 de março. Em seguida, às 9h45, será a largada das Classes Star, Finn, Laser Standard e Laser Radial. Às 13h30 acontecerá a largada das Classes Snipe, Laser 4.7 e Dingue.

No domingo, dia 15 de março, às 10h, será vez da largada de todas as Classes dos Veleiros Cabinados (Ranger 22, Fast 230, Delta 26 e dos barcos que correm pelas Regra Bravo e Regra Cruzeiro da AVOB), que irá colorir as águas do Lago Paranoá com a beleza das suas velas e balões.

“Por ser a primeira Regata do Iate do ano, o torneio sempre atrai um bom número de velejadores do Iate e de outros clubes náuticos de Brasília. É uma homenagem ao Conselho Deliberativo, que oferece apoio inestimável ao desenvolvimento do Iatismo”, disse o Diretor de Esportes Náuticos, Flávio Pimentel, convidando todos os Associados a virem participar e prestigiar os membros do Conselho Deliberativo.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE FINN COMEÇA NO IATE

O Iate Clube de Brasília, por meio da Diretoria de Esportes Náuticos, está sediando o Campeonato Brasileiro da Classe Finn, que teve início no dia 26, com a realização de inscrição, credenciamento e pesagem dos velejadores. As competições seguem de 27 de fevereiro a 1º de março, sempre a partir das 9h30.

O Finn está nas Olimpíadas desde 1952 e estará presente nos jogos de Tóquio 2020. O Brasil já conquistou uma vaga e possui grandes chances de medalha com o atleta Jorge Zarif, campeão mundial e quarto lugar nas ) Olimpíadas do Rio 2016.

“Pela primeira vez o Campeonato Brasileiro da Classe Finn é realizado em Brasília e a expectativa é que tenhamos uma boa participação de velejadores de diversos estados e do Distrito Federal, aproximadamente 25 barcos. A grande esperança brasiliense é o velejador Juliano Camargo Rosas, Vice-Diretor de Escolas Náuticas e atleta do Iate”, contou Flávio Pimentel, Diretor de Esportes Náuticos do Iate.

Também são considerados favoritos o vice-campeão brasileiro e campeão da Copa Brasil de Vela 2019, Antônio Moreira, do Clube Naval Charitas/Marinha do Brasil, e o campeão Sul-americano 2018, Ricardo Santos, do Yacht Clube Santo Amaro, de São Paulo. “Mais uma vez o Clube está fazendo um evento à altura da classe, dentro e fora da água, prestigiando os atletas e àqueles que estão torcendo por nossos velejadores. Venham prestigiar!”, convidou o Diretor.

Iate sedia Campeonato Brasileiro da Classe Finn

O Iate Clube de Brasília, por meio da Diretoria de Esportes Náuticos, vai sediar o Campeonato Brasileiro da Classe Finn, a partir do dia 26 de fevereiro (Quartafeira de Cinzas), com a realização de inscrição, credenciamento e pesagem dos velejadores. De 27 de fevereiro a 1º de março serão realizadas as competições/ regatas, a partir das 9h30.

O Finn está nas Olimpíadas desde 1952 e estará presente nos jogos de Tóquio 2020. O Brasil já conquistou uma vaga e possui grandes chances de medalha com o atleta Jorge Zarif, campeão mundial e quarto lugar nas olimpíadas do Rio 2016.

“Pela primeira vez o Campeonato Brasileiro da Classe Finn será realizado em Brasília e a expectativa é que tenhamos uma boa participação de velejadores de diversos estados e do Distrito Federal, com aproximadamente 25 barcos. A grande esperança brasiliense é o velejador Juliano Camargo Rosas, Vicediretor de Escolas Náuticas e atleta do Iate”, contou Flávio Pimentel, Diretor de Esportes Náuticos. “O Iate promete fazer um evento à altura da classe, dentro e fora da água, prestigiando os atletas e àqueles que vem torcer pelos nosso velejadores”, concluiu.