Atendimento ao Associado durante o isolamento social

Caso o Sócio precise falar no Iate Clube de Brasília neste período de suspensão das atividades em cumprimento ao Decreto do GDF, o Iate dispõe dos seguintes canais de atendimento:

Telefone: (61) 3329-8700

Setores:

Ouvidoria [email protected]

Secretaria / Administrativo [email protected]

Financeiro [email protected] ou [email protected] – atendimento também por telefone, das 10h às 16h (3329-8712).

Espaço Saúde [email protected] ou pelo telefone 3329-8755. A partir do dia 06/03, o atendimento por telefone será de segunda a  sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 10h às 16h.

Secretaria de Esportes Individuais [email protected] ou [email protected] e pelo telefone corporativo: 9.9942-5757 (também via WhatsApp), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 15h.

Proteja-se com o uso de máscaras caseiras

Diante do cenário da pandemia pelo COVID19, ocorreu escassez de máscaras cirúrgicas no mercado. Por isso, o Ministério da Saúde recomenda que esse tipo de máscara seja priorizada para o uso de profissionais dos serviços de saúde, que atuam em locais com maior potencial de concentração de vírus.

Pesquisas têm apontado que a utilização de máscaras caseiras impede a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente, garantindo uma barreira física. Assim, sugere-se a produção de máscaras caseiras, utilizando tecidos que podem assegurar uma boa efetividade se forem bem desenhadas e higienizadas corretamente. Os tecidos recomendados são: de saco de aspirador, cotton (poliéster 55% e algodão 45%), de algodão (como camisetas 100% algodão) e fronhas de tecido antimicrobiano. O importante é que cubra totalmente a boca e nariz e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais. 

O uso das máscaras caseiras é recomendado para quando houver real necessidade de deslocamento. Pessoas com quadro de síndrome gripal em isolamento domiciliar, devem continuar usando preferencialmente máscara cirúrgica.

Atenção: o uso da máscara caseira é individual e ela não deve ser compartilhada. Enquanto estiver utilizando-a na rua, evite tocá-la ou ficar ajustando. Ao chegar em casa, lave e seque bem as mãos antes de retirá-la e evite tocá-la na parte da frente. Para limpar, faça a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2% a 2,5%) por 30 minutos. Depois, enxágue e lave com água e sabão. A máscara deve estar seca e passada à ferro quente para a reutilização. Mantenha-a, depois de lavada, em saco plástico. Descarte-a se apresentar sinais de deterioração ou funcionalidade comprometida.


Fonte: https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/06/Nota-Informativa.pdf

Idosos e o isolamento social

Uma das principais recomendações durante a pandemia do novo coronavírus é o isolamento social. Diante disso, a população com mais de 60 anos (considerada grupo de risco e sujeita a apresentar complicações graves) se viu obrigada a abrir mão temporariamente de situações de convívio, que normalmente seriam indicadas, para diminuir o risco de contaminação. Reunimos algumas dicas para ajudá-los a enfrentar o isolamento de forma mais leve e saudável:

– Fixar rotina faz com que o idoso fique menos ansioso e norteia a parte cognitiva. Definir horários para as refeições, por exemplo, ajuda a manter a glicose estável, pois evita que fique “beliscando” ao longo do dia.

– Adaptar exercícios em casa, na medida do possível, para os que têm costume de se exercitar em academias ou ao ar livre. Quem costumava dar uma volta no quarteirão, por exemplo, pode caminhar ao redor de casa e quem faz musculação pode substituir os pesos por 1kg de açúcar ou um vidro de óleo.

– Além das tarefas comuns do dia a dia, como lavar louça e varrer a casa, é um bom período para arrumar armários e organizar caixas de fotografias antigas, por exemplo.

– Livros e filmes são boas distrações e ajudam a passar o tempo. Os temas devem ser alegres, para minimizar a sensação de desconforto, medo, pânico e trazer para dentro de casa um clima de maior leveza possível.

– É fundamental que amigos e parentes mantenham a interação com ligações e, se possível, com o envio de fotos e vídeos, para que o afastamento não vire abandono e a pessoa não se sinta triste e preterida.

– Para os mais antenados com a tecnologia, a internet oferece uma enorme gama de opções, como visitas virtuais a museus, filmes, óperas e cursos. 

– Para os que não têm aptidão para a tecnologia, uma boa pedida é que o acompanhante ou parente que more com ele recorra ao jogos antigos, criando momentos de descontração com jogos como baralho, dama, ludo e outros jogos de tabuleiro.

– Cuidar das plantas do jardim e criar uma horta também são atividades que, além de distrair, ajudam a fazer exercícios físicos.

Fonte: O Globo

Receba suas compras em casa

Com a prorrogação do isolamento social no DF, cada vez menos pessoas têm saído de casa, com o objetivo de evitar o risco de contaminação pelo novo coronavírus. Com isso, a modalidade de entregas em domicílio tem sido muito requisitada, não só para refeições prontas, mas também para a realização de compras básicas de alimentos e produtos de limpeza e higiene. Listamos aqui alguns mercados que atuam no sistema de delivery e que poderão dar uma mãozinha no suprimento da sua casa, minimizando o risco de contágio:

– Big Box – Pedido pelo site https://www.bigboxdelivery.com.br/ ou pelo aplicativo, disponível para Android e iOS.

– Super Veneza – Pedidos para entrega disponível apenas pelo aplicativo da rede.

– Comper – Pedidos pelo site https://www.comperdelivery.com.br/, com limite de compra para determinados produtos.

– Carrefour – É possível comprar tanto pelo site (https://www.carrefour.com.br) quanto pelo aplicativo de entrega Rappi.

– Extra – Compras disponíveis pelo aplicativo e pelo site de entrega https://www.clubeextra.com.br/

– Pão de Açúcar – Da mesma rede que o Extra, tem dado preferência a pessoas incluídas no grupo de risco. Os pedidos podem ser feitos pelo James, disponíveis para iOS e Android, ou pelo site https://www.paodeacucar.com/

– Dona de Casa – Os pedidos podem ser feitos pelo aplicativo da Rappi ou pelo telefone (61) 3246-4250.