Proposta orçamentária de 2022 é discutida no Conselho Deliberativo

​​Com o envio da proposta orçamentária do Iate para o exercício do próximo ano, encaminhada pelo Conselho Diretor, o presidente do Conselho Deliberativo, Edison Garcia, promoveu reuniões com grupos de conselheiros interessados em debater e receber informações técnicas do orçamento para o exercício de 2022.

Foram realizadas três reuniões, em dias distintos, com grupos de cerca de 20 conselheiros. O Presidente Edison Garcia acredita que essas reuniões são muito proveitosas, pois todos ficam mais à vontade para apresentar suas opiniões e tirar suas dúvidas, já que orçamento é uma matéria muito técnica. Também facilita para que a Comissão de Orçamento tenha a sensibilidade das opiniões dos conselheiros para fazer seu parecer. No dia da reunião deliberativa, a decisão evoluirá de forma mais amadurecida” disse Garcia.

Foram convidados o Comodoro Flávio Pimentel, o Diretor Financeiro, João Alfredo Uchôa, e o Diretor de Patrimônio e vice-Diretor de Tecnologia, Marcello Katalinic, responsável pelo projeto de Tecnologia da Informação (TI), para detalhar a proposta,  além de tirar dúvidas e apresentar as justificativas da peça orçamentária submetida ao Conselho.

Entre os que participaram dos encontros, estão  os integrantes da mesa do Conselho, além de presidentes e integrantes da Comissão de Orçamento, Comissão Fiscal, Comissão de Infraestrutura, Comissão de Esportes, Comissão Social, Comissão de Governança, Comissão do Plano Diretor e outros conselheiros e conselheiras.

João Wellisch, presidente da Comissão de Orçamento, entende que essas reuniões em grupos qualificam a análise da proposta orçamentária do Clube. “Esse formato, com a apresentação da proposta e posterior debate em encontros menores, é bem construtivo, pois os conselheiros se sentem mais à vontade para esclarecer dúvidas e opinar. No decorrer dessas discussões, tivemos muitas contribuições interessantes, que irão enriquecer o teor do parecer da comissão. É uma dinâmica que agrega bastante”, comentou.

Sílvio Bonfim, integrante da mesa diretora do Conselho, também teceu elogios ao formato. “Excelente iniciativa! É uma metodologia de debate inédita no clube, que torna mais fácil a análise da peça orçamentária. Foi um encontro muito produtivo”, disse.

Ennius Muniz, ex-comodoro do Clube, ressaltou a importância da realização de uma análise minuciosa da proposta orçamentária. “Fazer estas reuniões são fundamentais para o entendimento do orçamento e, principalmente, as razões. Estes encontros menores colaboram para o aprimoramento das discussões, e se tornam mais participativas”, opina o conselheiro.

O Presidente do Conselho Deliberativo ainda ressalta que o orçamento é um instrumento fundamental de gestão, que define as medidas de manutenção, reformas e investimentos do Clube, bem como a política de gestão de pessoal e como serão definidas as contribuições fixas e variáveis que gerarão a receita necessária para custear essas operações.

“O Conselho Deliberativo tem a competência e obrigação de analisar essa proposta, avaliar a sua pertinência e formular as adequações que melhor atendam os interesses coletivos dos Sócios”, finalizou.

A reunião do Conselho Deliberativo para apreciar a proposta de orçamento está agendada para o dia 13 de dezembro.