Atletas do Iate se destacam no CBI e na Copa Brasil de Maratonas Aquáticas

Nos dias 17 e 18 de setembro, o Iate sediou a 4ª etapa do Campeonato Brasiliero Interclubes de Maratonas Aquáticas e a 4ª Etapa da VIII Copa Brasil de Maratonas Aquáticas. O evento levou o nome de Troféu Fabíola Molina, que atualmente está à frente da Secretaria Nacional de Educação, Esporte e Lazer e Inclusão Social.

O Clube foi representado por 24 atletas. Nas provas de 2,5 km, os Iatistas Vinícius Hemetrio de Menezes, Carlos Roberto de Deus, Fernanda Pires e Fábio Paiva da Costa conquistaram o 1º lugar em suas respectivas categorias. Vinícius ainda se destacou com a 5ª posição no resultado geral da prova masculina.

Luísa Queiroga, Felipe Humberto Carloni e Marco Antônio Secco foram os vice-campeões das categorias Infantil 1, Sênior e Sênior G, respectivamente. Arthur Castro ficou com o 3º lugar do Juvenil masculino; já na Juvenil feminino, Cibele Gomes garantiu a quarta colocação, Júlia Couto ficou em 8º, seguida por Helena Lacerda. 

Na prova de 10 km do CBI de Maratonas Aquáticas, Brunno Santoro Rodrigues ficou em 10º lugar na categoria Sênior CBDA. O atleta também conquistou o 1º lugar na classe Sênior A da prova de 5 km da Copa Brasil, além de figurar como o 1º colocado no resultado geral da prova masculina. Ainda na competição dos 5 km da Copa Brasil, Helena Lacerda foi a sexta colocada da classe Juvenil feminino.

Os nadadores também se destacaram nos 5 km do CBI de Maratonas Aquáticas: na categoria Juvenil masculino, Kenue Santana e Arthur Castro ficaram em 10º e 17º lugares, respectivamente; na categoria Júnior masculino, Miguel Garcia ficou em 7º lugar; e Thiago Gomide foi o 10º colocado na Sênior CBDA. 

Além deles, o Iatista Victor Moreno, sétimo colocado na prova, foi um dos convocados para integrar a Seleção Brasileira Juvenil que irá a Salinas, no Equador, para disputar a Copa Pacífico de Águas Abertas, de 11 a 17 de outubro.

Além das características do Campeonato Brasileiro e da Copa Brasil, a CBDA realizou uma prova de 1 km para atletas da categoria Petiz. A ideia era trabalhar as categorias de base da modalidade.

“Foi a primeira vez que o Iate recebeu uma competição aquática de tamanha importância. Um evento que ficará na memória do Clube. Parabenizo todos os atletas por tanto empenho, pois os dias de competições foram difíceis. Aproveito a oportunidade para agradecer aos nossos funcionários que tanto se dedicaram para que o evento fosse realizado”, finaliza a vice-Diretora de Esportes Aquáticos, Ignez David.