Grandes méritos na Taça Brasília de Natação

Nos dias 20 e 21 de agosto, foi realizada a competição Taça Brasília de Natação – Troféu Maurício Gomes Cerveira, sediada na AABB Brasília. Na disputa, provas das categorias Mirim, Petiz e Absoluto, nas quais o Iate teve grandes representantes, que garantiram o 1º lugar na pontuação geral de clubes, com 705,00 pontos, e alcançaram o título de vice-campeões nas três diferentes categorias.

Na categoria Absoluto, 36 atletas Iatistas participaram das provas e adquiriram, ao todo, nove medalhas de ouro. A equipe federada do Clube tem se superado nas competições com grandes destaques neste ano, como a conquista do Campeonato Brasiliense de Inverno, os títulos de campeã do Torneio Centro-Oeste Absoluto e, agora, de vice-campeã da Taça Brasília de Natação. Além disso, também obteve resultados expressivos nos campeonatos nacionais de categorias e absoluto, bem como nas etapas dos Brasileiros de Maratonas Aquáticas.

Já nas categorias Mirim e Petiz, 23 atletas do projeto Touca Estrela representaram o Clube, os quais triunfaram com sete medalhas de ouro e se consagraram como vice-campeões em ambas as categorias. 

“Os resultados foram alcançados devido ao excelente trabalho desenvolvido pelo head coach Fábio Costa, pela professora Mariel e pelos técnicos da equipe de base e formação Vinícius Ribeiro e Klayton Negrão, que trabalham de forma multifacetada, orientando também os professores da escolinha de natação para que as crianças já se acostumem com os treinos e com as noções de disciplina e comprometimento”, destaca Ignez David, vice-Diretora de Esportes Aquáticos.

A vice-Diretora comenta, com satisfação, os resultados alcançados: “Os nadadores se saíram muito bem nas três categorias e demonstraram com os resultados o quanto de esforço é colocado em cada prova. Todos estão de parabéns e estamos especialmente contentes por esta ser a primeira vez que temos uma equipe tão numerosa de atletas que vieram diretamente das escolinhas do Clube. Por isso, pedimos sempre a participação e o incentivo dos pais, para que esses esportistas sigam sempre evoluindo”.