Obras e Relatório de Gestão: Conselho Deliberativo analisará temas de interesse do sócio na reunião de segunda-feira (30)

O Conselho Deliberativo do Iate se reunirá, na próxima segunda-feira (30), tendo na pauta uma série de ações propostas pela gestão do Clube para análise e deliberação. Saiba mais:

Nova sala de cycling e melhorias na tribuna de futebol – Na alçada da Comissão de Infraestrutura, a execução de duas obras será colocada em votação: a da tribuna do futebol e da sala de cycling.  “A ideia da obra da tribuna de futebol é dar a quem pratica o esporte um ambiente de convívio social. Hoje, a área é bem defasada, principalmente em estrutura e acabamento. Por isso, a comissão entende que o futebol carece desse novo espaço para fazer eventos de confraternização pós-jogos, assim como àqueles voltados aos alunos das escolinhas”, explica o conselheiro efetivo Alexandre Kronenberger, integrante da comissão.

O projeto, segundo Kronenberger, inclui corrimão, novos degraus e nivelamento de piso, o que garante acessibilidade ao espaço. Há previsão também de churrasqueira, com cadeiras, mesas e bancadas em granito, além de iluminação e instalações elétricas novas. O valor estimado é de R$ 235 mil.

A sala de cycling será feita na área que hoje é o terraço da academia. Esse espaço será fechado, com instalação de esquadrias de vidro. A obra vai aproveitar um espaço inutilizado e contemplará reforço de estrutura e mudança no piso de forma que todos os alunos consigam enxergar o instrutor (desnível semelhante ao de um anfiteatro). O custo será de R$ 570 mil. Segundo o conselheiro, os investimentos para os projetos já estavam previstos no orçamento de janeiro e foram mantidos na revisão aprovada em julho.

“O cycling é um pouco diferente porque, apesar de estar na academia, atende a todos os sócios que fazem essa atividade. Sempre houve uma demanda muito grande e a reclamação era de que a atual área é muito pequena. Hoje, como temos um público menor frequentando a academia por conta da pandemia, a obra deve impactar menos a rotina do sócio na academia”, completa Kronenberger. Se forem aprovados pelo Conselho Deliberativo, os dois projetos retornam para a diretoria de Engenharia, que será responsável por iniciar os trâmites para início das obras.

Relatório de atividades – Os conselheiros também irão apreciar o parecer da comissão especial que analisou o Relatório de Atividades do Conselho Diretor, referentes ao primeiro semestre de 2021. Em linhas gerais, o presidente do colegiado, o conselheiro nato Frederico Viegas, adiantou que o Clube está ‘caminhando bem’. No documento, relata Viegas, há um alerta importante: apenas 15% dos investimentos previstos para o ano foram executados.

“O Relatório de Atividades do Conselho Diretor funciona como uma espécie de prestação de contas, incluindo os investimentos previstos e executados. Isso é fundamental para que o Conselho Deliberativo tenha ciência e possa avaliar como a gestão tem utilizado os recursos disponíveis no orçamento. Por isso, temos a obrigação de fiscalizar e acompanhar o montante de todos os setores do Clube, para que se aplique os recursos do associado da melhor forma possível”, salienta.