Prevenção contra a Covid-19 deve ser mantida mesmo com a 2ª dose da vacina

Segundo a Secretaria de Saúde do DF, desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, o número de casos, internações e óbitos pela doença nos grupos já vacinados tem diminuído consideravelmente. O órgão registrou queda de 62% nos registros de novos casos da doença em idosos com 75 anos ou mais, comparando os meses de março e abril de 2021. Quando se refere ao número de óbitos, a queda foi de 87%, considerando o mesmo período.

No entanto, o Diretor Médico do Iate Clube de Brasília, Luiz Alberto Mendonça, alerta que, mesmo após as duas doses das vacinas, é necessário manter os cuidados preventivos. “Ainda que a pessoa esteja imunizada, há chances de contrair a Covid-19. É importante lembrar que as vacinas objetivam a diminuição de casos, principalmente graves, e de óbitos de determinadas doenças”, reforça.

Ele lembra que a Covid-19 é uma doença relativamente nova e, por isso, as vacinas disponíveis continuam em evolução, numa tentativa de aumentar a eficácia e de abranger a maior quantidade possível de cepas. “Logo, é fundamental que as pessoas continuem mantendo o distanciamento social de, no mínimo, 2 metros; usando máscara; lavando as mãos e fazendo o uso do álcool em gel”, frisa o Diretor.

Foto: Secretaria de Saúde do DF