Corredores doam sangue e fazem avaliação para novo desafio

Após o cadastro e verificação das condições ideais para a doação de sangue, cerca de 30 atletas do Clube de Corrida do Iate foram ao Hemocentro de Brasília para a coleta de sangue. 

A ação foi idealizada pela professora Larissa Pacheco que, diante do baixo nível dos estoques de sangue, solicitou a participação dos corredores, os quais prontamente atenderam ao chamado e fizeram a doação. O material doado será enviado ao Hospital da Criança de Brasília. Cada doador poderá salvar até três vidas com seu generoso gesto de amor e solidariedade.

Em reconhecimento, o Clube de Corrida irá ofertar a cada atleta-doador uma camiseta para que a ação não seja esquecida e possa atrair um número maior de pessoas à doação de sangue.

Em outra iniciativa, os atletas passaram por avaliações físicas completas para o início do chamado “Desafio de 60 dias”. Segundo a vice-Diretora de Corrida, Ana Paula Mantovani, “a ideia é fomentar entre os corredores iniciativas que vão desde a realização dos treinos até a alimentação saudável, a hidratação adequada, o sono tranquilo entre outras”.

Cada aluno fez sua avaliação individualizada para início das atividades, marcada para o dia 1° de maio. Serão realizadas ainda duas outras medições, com 30 e 60 dias, para que possam ser comparadas e verificadas as evoluções de cada um dos corredores participantes do desafio.

O encerramento do desafio deve ocorrer no início de julho com a realização de uma corrida que já está sendo planejada pela vice-Diretoria de Corrida.