Vigilância Sanitária faz vistoria no Iate e não encontra irregularidades

No dia 8 de abril, agentes da Vigilância Sanitária do Distrito Federal fizeram uma vistoria ao Iate Clube de Brasília e, após percorrerem todas as instalações, não encontraram nenhuma irregularidade. 

“Ante ao atual cenário de agravamento da pandemia no Brasil, reabrimos o Clube em março, mas com algumas restrições colocadas tanto pelo Decreto nº 41.913/2021 quanto por outras decisões tomadas pelo Conselho Diretor, com base em uma interpretação mais cautelosa”, explica o Comodoro Flávio Pimentel. 

Ele lembra que a preocupação no momento é garantir a segurança dos Sócios, dos funcionários e dos demais frequentadores do Clube. “Agradecemos a colaboração dos Sócios na observância das regras e pedimos a compreensão no sentido de que, muito em breve, o Iate retomará todas as atividades e os serviços destinados ao Quadro Social”, conclui Pimentel.