Conhecendo mais sobre a história do Iate Clube

Para comemorar junto com os Sócios este mês de aniversário, a partir desta edição do Jornal do Iate, faremos um resgate histórico, com imagens inéditas e não publicadas no livro “60 Anos do Iate Clube de Brasília – Um Sonho Realizado”, além de fatos marcantes.

A Diretoria Cultural do Iate Clube de Brasília, entre outras atribuições, é a responsável por gerir todo o acervo histórico da Instituição. Em seu vasto arquivo, é possível viajar no tempo para conhecer os principais acontecimentos, as obras, os primeiros eventos esportivos, as festas e tantos outros episódios que marcam a jornada do Iate ao longo destes 61 anos.

A inauguração da primeira Sede Social  do Iate Clube de Brasília aconteceu em 25 de maio de 1960. Na oportunidade, foi servido um vatapá feito pela mãe do fundador Álvaro Sampaio, Laurinda de Araújo Sampaio. Na foto, os Sócios Geraldo Carneiro, Sylvio Pedroza, Carlos Quadros e Laurinda.

A Seção Náutica do Iate foi criada no início de 1961, sob a administração da Hoss. A empresa era a responsável por organizar passeios dos Sócios no Lago Paranoá a bordo da lancha Pioneira. 

No mesmo ano, ocorreu a inauguração do Ginásio Poliesportivo com 2.500 m². Um fato interessante do local é que a estrutura inicial foi criada para comportar uma quadra de tênis coberta, com o projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, a pedido do Comodoro Sylvio Pedroza. Porém, com a inundação ocasionada pelo lençol freático das águas do Lago Paranoá, foi preciso suspender o piso, transformado em ginásio de múltiplos esportes.

O Diretor Cultural, Flávio Schegerin, comenta que, ao longo dos 61 anos muito foi feito, novas instalações surgiram, novos Sócios chegaram para se juntar aos antigos, e o Clube vem caminhando a passos largos, com saúde de adolescente, aprimorando cada vez mais a estrutura oferecida aos Iatistas. 

“Nossa proposta com estas publicações especiais é resgatar parte da trajetória do Clube, especialmente para que os mais jovens conheçam a nossa história”, finaliza Schegerin.