Conselho Diretor aprova importantes medidas de gestão para o Clube

Ordinariamente, o Conselho Diretor do Iate se reúne para discutir e aprovar medidas fundamentais para o bom funcionamento do Clube, tanto no âmbito da gestão quanto no viés operacional. 

Assim, na Reunião Ordinária ocorrida no dia 8 de março, o Conselho Diretor aprovou, entre outros itens, a minuta do Regimento Interno da Comissão de Licitação, a qual visa organizar a governança; melhorar e padronizar os processos do Clube; tornar perene e permanente as ações relacionadas aos procedimentos licitatórios; e orientar os integrantes da Comissão de Licitação e os participantes dos certames licitatórios. Esse trabalho complementa a Resolução Normativa nº 001/2012, que institui as normas gerais para licitações e contratos no âmbito do Iate Clube. Agora, o documento segue para análise e aprovação do Conselho Deliberativo.

Também foi aprovado o termo de referência para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de consultoria em diagnóstico, análise, definição de indicadores de desempenho, revisão, mapeamento e otimização de processos, e seus respectivos fluxos, com vistas a melhorar e padronizar os processos e as atividades das áreas fim e meio do Iate, em benefício dos serviços oferecidos aos Associados. 

Na pauta de assuntos, foi apreciada ainda a revisão do Regulamento dos Projetos Esportivos do Iate, o qual foi aprovado por unanimidade e, agora, passará pelo crivo do Conselho Deliberativo. O documento regulamenta e estabelece as normas disciplinares para o funcionamento de todas as escolinhas esportivas, fixando, por exemplo, a idade mínima e máxima para ingresso e permanência na escolinha, regras para cancelamentos e faltas e demais direitos e deveres.

“Foi uma reunião muito produtiva para o Clube, oportunidade em que tratamos de temas que terão um impacto, principalmente, no médio e longo prazo, mas que trarão vários benefícios para os Associados”, finaliza o Comodoro Flávio Pimentel.