Conselho Deliberativo vota temas relevantes ao Iate na última reunião da atual gestão

Temas relevantes ao Iate Clube de Brasília foram votados na Reunião Ordinária e Extraordinária do Conselho Deliberativo realizada na última quinta-feira, dia 27 de agosto, em caráter reservado, apenas com a presença dos membros do Conselho, como medida de prevenção contra a disseminação do novo coronavírus. Esta foi a última reunião do Conselho Deliberativo na atual gestão.

O Relatório de Atividades do Conselho Diretor referentes ao 1º de semestre de 2020, inclusive quanto aos investimentos previstos e executados, foi aprovado por unanimidade. Cabe ressaltar que foi um período desafiador para o Clube, já que foi fechado aos Sócios pela primeira vez em sua história, em abril. A comissão que analisou o relatório, formada pelos Conselheiros Antônio Augusto Pinto Pinheiro, Sandra Mara Fidelis de Souza e Heraldo Moura Coutinho, destacou no parecer o cumprimento adequado aos decretos do GDF, as medidas assertivas adotadas em relação ao quadro de funcionários e o empenho da gestão ao reestruturar as estratégias e executar relevantes obras e cuidar da manutenção do campus no período em que ficou com as atividades paralisadas. “Paralelamente, o Quadro Social recebeu a contrapartida à perda de serviços com o fechamento do Clube um desconto de R$ 200 na contribuição, medida acertada da atual gestão. Rotulamos as medidas como corretas e realizadas dentro de um caráter de coerência, diante do momento excepcional vivido pelo Clube”, disse Antônio Augusto. A Conselheira Sandra Fidelis elogiou a iniciativa do Comodoro Rudi Finger a respeito da troca do piso do Ginásio Poliesportivo. “Esta obra colocou o Iate em um patamar de excelência no Centro-Oeste”, exaltou.

Eleições – Com o objetivo de evitar a judicialização do processo eleitoral do Iate, já que houve um pleito de Sócio questionando a votação presencial, o Conselho Deliberativo, após análise e acordo junto à Diretoria Jurídica e a Comodoria, propôs na reunião a alteração da norma eleitoral interna, para realizar a votação de forma virtual, o que foi aprovado por unanimidade. Assim, a escolha dos futuros membros da Comodoria e do Conselho Deliberativo para o triênio 2020/2023 será realizada virtualmente, no dia 10 de outubro.

Benemérito – Após votação favorável por maioria, os Conselheiros Natos Mauro Diniz Brumana, indicado pela Mesa Diretora do Conselho Deliberativo, e Francisco Zenor Teixeira, indicado pelo Conselho Diretor, receberam a concessão de Título Honorífico, categoria Benemérito, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados e a forma correta que conduziram as atividades frente a seus cargos no Iate, com dedicação e empenho.

Na reunião, foi aprovada, por maioria, a proposta da Diretoria de Administração e Recursos Humanos de firmar convênio com o Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico (Estácio), para o desenvolvimento de atividades conjuntas na realização de estágio não obrigatório de nível superior.

Também foi aprovado por maioria o parecer da Comissão Permanente de Infraestrutura referente à contratação de empresa especializada para execução dos serviços de desassoreamento da Dársena 2, localizada na Náutica do Iate. O objetivo é aumentar a profundidade do leito, dando melhor condições da mobilidade às embarcações, principalmente os veleiros que são munidos de quilha. “Esta é uma obra importante e muito aguardada pelos Associados. Com o desassoreamento, os veleiros não correm risco de danos e terão total conforto em suas manobras”, explicou o Comodoro Rudi Finger.

Por último, a comissão composta pelos Conselheiros Frederico Henrique Viegas de Lima, Sílvio Selmo Sartini e Walter Carlos Alarcão Filho, que ficou encarregada de analisar o processo disciplinar 002/2020, apresentou seu parecer, que foi submetido ao Pleno, na reunião, e aprovado por maioria.