Ginásio de Esportes recebe novo e moderno piso

Com as portas fechadas em cumprimento aos decretos do Governo do Distrito Federal, a gestão do Iate Clube de Brasília está colocando em prática grandes e importantes obras que normalmente criariam transtornos aos frequentadores habituais. É o caso do ginásio de esportes, que receberá um novo piso, mais moderno que o atual, neste mês de junho.

Na última quinta-feira, o técnico Márcio Veiga, da Recoma, uma das empresas líderes no mercado de infraestrutura esportiva no Brasil, esteve no Iate para fazer a avaliação do estado atual do ginásio para poder dar início à instalação do novo piso e foi totalmente aprovado. “Será um piso flutuante de madeira maciça Recomaflex Premium Grápia, com uma tecnologia mais moderna, usada nos melhores ginásios do Brasil e em ginásios onde são realizadas competições dos Jogos Pan Americanos”, contou o Comodoro Rudi Finger.

O piso tem sistema de absorção de impacto flutuante e é o único testado e aprovado segundo a norma alemã DIN 18.032 Part II, que serve de parâmetro para aprovação por diversas federações esportivas Nacionais e Internacionais. Este é, por exemplo, o piso oficial da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e também da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). O acabamento do piso é feito com verniz de poliuretano especial anti-reflexivo e as demarcações das modalidades esportivas em tinta de alta resistência. “Com essa reforma, o ginásio do Iate contará com um dos melhores piso para a prática esportiva e nossos atletas terão todo conforto e segurança de um piso de nível de competição”, comemorou o Comodoro.

A área do Tênis de Mesa, localizada no térreo do Edifício Multifunções também será beneficiada, com a instalação de piso próprio. As obras também serão realizadas neste mês.

Drenagem – Um antigo problema também está sendo corrigido neste período, para o recebimento do novo piso: o recorrente alagamento do ginásio em épocas de chuvas. Esta semana foi concluída uma obra nos sistemas drenagem do lençol freático e de águas pluviais, com bombeamento e desobstrução de redes. A medida vai sanar o velho problema e vai proteger e garantir durabilidade ao novo piso que será instalado. “Com as obras pretendemos sanar uma patologia permanente, que é o aumento no nível do lençol freático, o que sempre resultou em alagamentos no interior do ginásio em períodos distintos”, explicou o Diretor de Engenharia, Francisco Carpóforo.

A reforma do local inclui, ainda a ampliação da entrada do Ginásio e do Ciate, próximo ao Posto Médico, com a instalação da cobertura em estrutura metálica. Serão fechadas as estruturas (treliças) na duas  laterais do Ginásio com em tela artística (vazada). O objetivo é bloquear a entrada de pássaros.