Tempo de voltar os olhos ao Meio Ambiente

Esta semana foi celebrada a Semana Nacional do Meio Ambiente. A data voltada à conscientização foi criada no Brasil pelo Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981, com o objetivo de complementar a celebração ao Dia do Meio Ambiente, celebrado em 05 de junho, instituído pela ONU, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia, que aconteceu entre 5 e 16 de junho de 1972. As iniciativas visam incluir a sociedade na discussão de pautas que tratem da preservação do patrimônio natural do Brasil e chamar a atenção de todos os governos mundiais e da população sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente.

Porém, devido aos atuais acontecimentos referentes à pandemia do novo coronavírus, as comemorações serão todas virtuais. No entanto os cuidados com o meio ambiente não estão em quarentena e, diante disso, o Iate Clube de Brasília firmou contrato, após processo licitatório, com a Empresa MKS Gestão de Resíduos, que ficará responsável pelo recolhimento dos resíduos indiferenciados, e com a Empresa Jardins By Romero Melo, através de cotação de preços, para o recolhimento dos resíduos orgânicos, quando houver a necessidade.

Lixo Zero – Em fevereiro de 2019, o Iate começou a implantar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), que inclui a segregação, acondicionamento, coleta e disposição final destes para todas as atividades executadas no Clube. O objetivo é minimizar os impactos dos resíduos gerados pelo Iate no meio ambiente e prevenir a poluição. O objetivo é alcançar a meta do Lixo Zero, que consiste no máximo aproveitamento e correto encaminhamento dos resíduos recicláveis e orgânicos e a redução ou mesmo o fim do encaminhamento destes materiais para os aterros sanitários.