Academia passa pela maior manutenção de sua história

Sob o comando direto do Comodoro Rudi Finger, que acumula interinamente a Diretoria, juntamente com os coordenadores e colaboradores do setor, a Academia está passando por um minucioso processo de manutenção.

Pela primeira vez foi possível a realização de uma completa manutenção na infraestrutura do espaço. Sempre que houve a necessidade de se fazer algum reparo do prédio, o serviço era realizado durante o funcionamento ou à noite, com a preocupação de não prejudicar os alunos. 

Para tirar o melhor proveito possível do período de isolamento social, a gestão realizou um importante trabalho para atender a todas as demandas de manutenção do prédio, como tratamento de infiltrações no teto e paredes das salas de aulas coletivas, vestiários e pintura dos pisos externos.

Nos equipamentos de ginástica, está sendo feito tratamento e pintura nas peças que apresentavam pontos de ferrugem ou desgaste de estrutura. Também está sendo feita uma inspeção geral em todos aparelhos, já que foram desenvolvidos para estar em constante utilização. Quando parados, alguns cuidados precisam ser tomados para garantir o pleno funcionamento e evitar danos e futuros gastos. Nessa situação, eles podem acumular poeira e sofrer ressecamento nas engrenagens, polias e outros componentes, prejudicando a performance no retorno dos treinos e comprometendo sua vida útil.

Os serviços de manutenção preventiva para os equipamentos incluem:

·   Limpeza interna e externa;

·   Lubrificação e aferição das partes mecânicas e eletrônicas;

·   Regulagens de velocidade e dos cabos de aço;

·   Ajuste da correia do motor e da manta das esteiras;

·   Teste e avaliações do desempenho dos equipamentos;

·   Reaperto dos parafusos dos equipamentos;

.     Aplicação de camada de proteção contra ferrugem.

Está sendo realizada, ainda, a limpeza grossa de todos pisos, espelhos, peitoris, paredes, acessórios e tetos. A Sauna também está sendo totalmente higienizada. Os colaboradores de serviços gerais estão trabalhando de forma alternada nessa empreitada, revitalizando e higienizando todos os ambientes. “Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, o Iate já se adiantou e está providenciando a limpeza e substituição de todos os filtros dos climatizadores de ar do prédio”, contou o Comodoro. “A quarentena está sendo o momento de cuidarmos bem da Academia para que todos possam desfrutá-la com segurança e conforto nos meses que estão por vir”, disse.

Mensalidade da Academia suspensa

Desde o dia 15 de março, quando a Academia do Iate teve que fechar as portas em cumprimento aos decretos do Governo do Distrito Federal, as mensalidades do setor não estão sendo cobradas. O Iate fez a devolução dos valores inicialmente cobrados, referentes aos 15 dias proporcionais de março e ao mês integral de abril.

Em princípio, as atividades dos clubes de Brasília deveriam ser interrompidas até o dia 03 de maio. Porém, o GDF estendeu o prazo por mais duas vezes, com nova previsão de reabertura, com restrições, para o dia 18 de maio. Assim, com o objetivo de garantir os empregos e não realizar demissões, a partir do dia 1० de maio, todos os professores de atividades esportivas e da Academia tiveram seus contratos suspensos, obedecendo as regras da Medida Provisória 936/2020.

Melhorias no Setor Náutico pelos marinheiros do Clube

Nas últimas semanas, os marinheiros do Setor Náutico têm realizado uma série de serviços de manutenção, em especial a lavagem de toda área dos pátios e galpões com uso de máquina lava-jato, a substituição das correntes das poitas dos barcos que ficam em vagas molhadas e reaperto de todos os parafusos de junção dos módulos do cais flutuantes e dos fingers, além da vedação das caixas onde se encontram esses parafusos e porcas.

Receita para adoçar o Dia das Mães

O Dias das Mães está chegando. Que tal surpreender a mulher mais especial da sua vida com um doce gostoso e diferente? O youtuber Gabriel Freitas, ensina como fazer um surpreendente pavê gelado. Confira:

Creme de Paçoquinha

Ingredientes:

600 gramas de doce de leite

3 colheres de sopa de amido de milho

3 colheres de sopa de leite em pó

1 caixa de creme de leite (com 200g)

700 ml de leite integral

6 paçoquinhas rolha (unidade com 22g)

1 colher de sopa de manteiga/margarina

Modo de Preparo:

Em uma panela despeje o doce de leite, e dentro dele dissolva o amido e o leite em pó até homogeneizar. Acrescente o restante dos ingredientes, misture levemente e leve para o fogo médio mexendo sempre para não queimar. O ponto é quando o creme atingir a consistência de papa soltando borbulhas mais grossas! Nesse ponto, marcar um minuto, continue mexendo, retire e despeje em um recipiente coberto com plástico filme em contato para esfriar.

Montagem. Vamos precisar de:

200 gramas de bolacha/biscoito maisena aproximadamente (varia de quantas camadas vocês farão)

10 sonhos de valsa picados

Despeje um pouco de creme no fundo de uma travessa e espalhe bem de modo com a camada fique em torno de um dedo de altura, em seguida faça uma camada com a bolacha. Agora é mais do mesmo pessoal, basta repetir o processo até acabar o creme, lembrando claro que a última camada tem que ser de creme. Leve para geladeira por uma hora e finalize espalhando os sonhos de valsa picados por cima! Para dar aquele charme você pode fazer um fio de doce de leite em zig-zag pro cima. Leve para geladeira por aproximadamente três horas.

Fonte: http://www.gabriellfreitass.com.br/

Iate coloca em prática mais medidas de prevenção à COVID-19

Como mais uma ação de prevenção ao contágio e à proliferação do Novo Coronavírus, desde a última quarta-feira, dia 06 de maio, todos os funcionários do Iate Clube de Brasília estão tendo a temperatura corporal medida pela equipe do Serviço Médico, na Portaria Norte.

A medição é obrigatória e só têm acesso às dependências do Iate aqueles que não apresentarem alterações ou sintomas da doença. Para tanto, está sendo utilizado um modelo moderno de termômetro que realiza a medição à distância, sem necessidade contato físico com as pessoas. “É nossa obrigação zelar pela saúde e pelo bem-estar dos colaboradores. Por isso, na situação que estamos vivendo hoje, medir a temperatura dos funcionários é uma questão de segurança para todas as pessoas que trabalham no mesmo ambiente”, esclareceram o Diretor do Serviço Médico, Nelson Diniz, e o Comodoro Rudi Finger.

A equipe do Serviço Médico está trabalhando em segurança, com o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) completo e específico para profissionais de saúde, que inclui máscaras, luvas, touca e avental descartável.

Máscaras – Desde o dia 16 de abril o uso de máscaras é obrigatório para os colaboradores do Iate que continuam trabalhando em prol da manutenção do campus e das atividades administrativas do Clube durante o período de isolamento social.

Cada colaborador recebeu duas unidades que foram produzidas internamente pelo Setor de Capotaria, da Diretoria de Operações e Logística (DOL), dentro das orientações do Ministério da Saúde. O tecido utilizado foi o tricoline, que é feito a partir de uma construção com tela, que conta com a resistência e a leveza do algodão, sua principal matéria prima.

O objetivo é proteger os empregados e começar a praticar esse hábito, que passou a ser um comportamento obrigatório contra a proliferação da COVID-19. Junto às máscaras, foi entregue um folder com as instruções de uso, cuidados necessários e indicação para a correta limpeza das mesmas.

Campanha Dia das Mães

Ela Merece.
Participe !
Comente SIM nos comentários para participar e iremos entrar em contato para maiores informações.
Você vai gravar um pequeno vídeo com as palavras que vamos te enviar e já estará fazendo parte desta linda campanha.

CLIQUE E AQUI E COMENTE SIM!

Higienizar as mãos é fundamental para evitar a transmissão de doenças

Em tempos de pandemia a recomendação mais ouvida atualmente é: “lave bem as mãos”. Este hábito é um grande aliado para evitar a transmissão de doenças.

Em 2009, bem antes do surgimento do novo coronavírus, a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou uma campanha que definiu o 5 de maio como Dia Mundial de Higienização das Mãos. O objetivo é reforçar a importância de lavar as mãos, principalmente como medida de prevenção às infecções – entre profissionais de saúde e pacientes.

Pode parecer um ato simples, mas a limpeza correta das mãos é a ação mais eficiente para o controle de infecções e prevenção da transmissão de microrganismos. O álcool gel pode ser utilizado na ausência da possibilidade de limpeza, mas a lavagem é fundamental.

A pandemia fez com que as pessoas se tornem mais conscientes e exigentes com o cuidado das mãos. Assuntos do tipo “como lavar as mãos corretamente” e “importância de lavar as mãos” tiveram, respectivamente, um aumento de 180% e 140% nas buscas do Google nos últimos 12 meses.

Confira algumas dicas para uma boa higienização da mãos:

  • molhe as mão com água corrente;
  • ensaboe as mãos até a o meio do antebraço;
  • esfregue a espuma entre os dedos, costas das mãos e unhas;
  • siga com a lavagem pelo tempo médio de 20 segundos;
  • enxague as mãos e braços em água corrente;
  • seque com papel toalha.

Esclarecimentos sobre nota de colunista

Em atenção ao direito de resposta previsto nos artigos 2º, §1º, da Lei 13.188/2015 e 50, inciso V, da Constituição Federal, o Iate Clube de Brasília vem se manifestar sobre a nota “Saia justa no Iate”, publicada na coluna Marcelo Chaves, em 1º de maio de 2020.

  1. Em relação à cobrança da mensalidade

Para garantir a execução do seu objeto social, que é composto, basicamente, da prestação de serviços ao Quadro Social, o Iate Clube de Brasília mantém pouco menos de 500 empregados em seus quadros, com o custo mensal aproximado de 70% de toda a sua arrecadação.

Em razão da pandemia do Novo Coronavírus, bem como os decretos do Governador do Distrito Federal que determinaram o fechamento dos clubes sociais, o Iate, assim como as demais agremiações do DF, paralisou completamente suas atividades, permanecendo com o seu quadro funcional íntegro.

Cabe ressaltar que a frustração de receita do Clube até o momento tem sido substancial, restando basicamente as contribuições fixas com a taxa de administração, cuja inadimplência já se encontra elevada em comparação com a média histórica registrada.

O custeio  da folha de pagamento dos funcionários não deriva tão somente da taxa de contribuição, mas de outras que estão completamente prejudicadas A contribuição mensal dos Sócios têm sido a única fonte de renda do Iate, tendo em vista que a receita ordinária do Clube provém também de inversões patrimoniais e financeiras; preço de uso pela utilização de suas dependências; alienação de seus bens móveis e imóveis; festas ou promoções; cessão de material esportivo e outros reembolsos; toda e qualquer propaganda e marketing, além de outras rendas e patrocínio de suas atividades e eventos.

Além disso, há de se observar que nos últimos dois meses o Iate realizou a devolução dos valores das mensalidades dos alunos da Academia, do CIATE – Centro de Atividades Educacionais do Iate Clube de Brasília (apoio pedagógico, reforço escolar, natação, dança, tênis, futsal entre outras) e das escolinhas esportivas pagas, proporcional aos dias em que estes setores permaneceram fechados. O Iate também não está contando com o valor mensal pago pelas concessionárias que exploram suas atividades econômicas nas dependências do Clube e que também estão impedidos de operar. Daí porque não há que se falar em redução da taxa de administração nesse momento.

O Iate tem no seu quadro de colaboradores o seu bem maior, pois vem investindo em sua formação para alcançar um grande padrão de excelência na prestação dos serviços, daí porque todas as providências da gestão visam a manutenção dos empregos.

É Importante destacar, outrossim, que, por ora, a taxa de contribuição ordinária permanece a mesma, apesar ter sofrido redução no início do corrente ano por decisão do Conselho Deliberativo, mesmo com o Clube fechado em razão da necessidade de manter o quadro funcional, cuja grande maioria continua exercendo regularmente suas funções, especialmente aqueles que trabalham na área administrativa, engenharia, segurança e manutenção em geral, uma vez que o espaço físico carece de manutenção diária, assim como as atividades burocráticas também não cessaram.

A todas essas decisões foi data ampla divulgação ao Quadro Social, via jornal digital, site, e-mail marketing e pelas redes sociais do Clube. A explicação desta questão da manutenção dos valores da mensalidade, por exemplo, pode ser vista na Palavra do Comodoro, publicada integralmente nas redes socias oficiais do Iate no dia 16 de abril.

Os Sócios também estão tendo acesso às informações de todo o trabalho de reforma, segurança e manutenção do amplo campus do Iate, por meio de fotos e vídeos constantemente publicados em todos esses meios oficiais de comunicação acima citados.

Por fim, registra-se que o Iate Clube de Brasília que não recebeu, até o presente momento, qualquer demanda judicial de natureza econômica de seu quadro de associados, decorrente do Decreto do GDF que determinou o fechamento de suas dependências em 19 de março de 2020, direito constitucional garantido a todo cidadão e, via de consequência, a todo Sócio do Iate Clube, fato que vai de encontro à informação passada pela Coluna.

2. Em relação à mencionada citação judicial

O Iate Clube de Brasília confirma a existência de processos judiciais onde alguns Sócios perseguem a nulidade de alteração estatutária que limitou a idade das dependentes solteiras para 30 anos.

A referida alteração estatutária foi deliberada e aprovada pela Assembleia Geral do Iate Clube de Brasília, composta por sócios Fundadores e Patrimoniais, em 30 de novembro de 2014, passando a vigorar, contudo, apenas em 01 de janeiro de 2020, após cinco anos da entrada em vigor do Novo Estatuto Social, ocorrida em 01 de janeiro de 2015.

Entretanto, ao contrário da informação da Coluna Marcelo Chaves, o quórum mínimo foi fielmente respeitado, garantindo-se, portanto, a lisura, legalidade e validade do Novo Estatuto Social, alterado, naquela oportunidade, para que pudesse se adequar às regras do Novo Código Civil.

Por oportuno, vale salientar que a alteração estatutária relativa à idade limite de 30 anos para as dependentes solteiras jamais foi questionada administrativamente ou judicialmente nos cinco anos de carência entre a alteração da norma (Estatuto Social) – 01 de janeiro de 2015 – e sua efetiva aplicação – 01 de janeiro de 2020, fato, inclusive, que atraiu o instituto da decadência, conforme recentemente decidido na primeira sentença de mérito proferida nos processos das dependentes.

Novidade: Iate terá barbearia moderna e inovadora!

Quando for autorizado a reabrir as portas, o Iate Clube de Brasília trará aos Sócios uma novidade: uma inovadora barbearia, com maquinários modernos e serviços de qualidade, para atender gostos clássicos e também os diferenciados! Tudo isso com preço mais acessível do que o da concorrência.

“Após Processo Licitatório, com minuciosa análise, o Iate selecionou a proposta mais vantajosa para o Associado, na combinação técnica e preço, para concessão onerosa de uso de área destinada à exploração comercial, no ramo de barbearia”, explicou o Comodoro Rudi Finger.

A empresa que venceu o certame atua no ramo de barbearia desde 2016 e é gerida por jovens empreendedores que têm uma visão moderna e estratégica para o negócio. Com o slogan “o jeito moderno de ser clássico”, os novos concessionários pretendem trazer, para o público masculino do Iate, as mais recentes novidades do segmento, sem perder a essência dos serviços clássicos de barbearia. A barbearia contará com oito profissionais, entre barbeiros e barman, que receberam recente treinamento de capacitação e reciclagem.

A Comodoria, a Superintendência, a Engenharia e o Setor de Licitações e Contratos já realizaram uma reunião de alinhamento com a empresa, que apresentou um layout inovador. As obras para adequação das instalações serão iniciadas na próxima semana. A expectativa é que a inauguração aconteça assim que houver a liberação governamental para retomada das atividades do Clube.