Descarte adequado do lixo

Com grande parte da população isolada em casa, em função da pandemia do novo coronavírus, é natural que a quantidade de lixo aumente neste período. Além disso, desde a publicação do Decreto nº 40.548 de 20 de março, estão suspensas as atividades de coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis, o recebimento e a separação desses materiais nos centros de triagem, assim como as usinas de compostagem. O texto não afeta recolhimento convencional. Com isso, a população deve redobrar cuidados. Seguem algumas dicas:

  • Continue separando seu lixo, sendo rejeitos orgânicos em sacos pretos e recicláveis em sacos verdes ou azuis;
  • Tente não desperdiçar alimentos e assim, diminuir a quantidade de rejeitos orgânicos;
  • Se possível, armazene os recicláveis (papel, vidro, metal e plástico) em casa, limpos, dobrados e amassados, para reduzir o volume. Se dispostos para coleta, serão excepcionalmente recolhidos juntos ao orgânico, para o aterro sanitário, para posterior separação;
  • Embale o lixo em sacos resistentes e bem fechados;
  • Cacos de vidro ou objetos pontiagudos devem ser embalados em jornal ou colocados dentro de garrafas pet, como medida de proteção aos catadores;
  • Disponha o lixo na rua apenas no dia da passagem do caminhão de coleta, evitando a ação de vetores de doença. As datas e horários podem ser consultados no www.slu.df.gov.br
  • Ao descartar o lixo, a pessoa que estiver diagnosticada ou com suspeita da doença deve colocar o material envolto em outro saco para acondicionar melhor o resíduo que provavelmente está contaminado.