Escultura homenageia velejadores

Sabe aquela imensa escultura erguida no gramado em frente à Secretaria Social, na parte externa do Iate? Ela se chama “Flotilha” e é uma homenagem à Vela e a todos os velejadores do Clube.

Feita em aço, a obra foi idealizada pelo arquiteto e artista plástico Marcos França, que é Sócio do Iate, e financiada pela Petrobras. A inauguração foi em agosto de 2002 e contou com as presenças do artista, do Presidente do Conselho Deliberativo à época, Gerson de Sousa Lima, do então Comodoro, George Raulino, de diversos diretores e convidados e de Carlos Aurélio Werneck de Miranda e Silva, representando a Petrobras. 

A escultura foi inspirada na Semana de Vela, realizada no primeiro semestre daquele ano, e que trouxe para Brasília alguns dos melhores velejadores do mundo, como Robert Sheidt e os irmãos Torben e Lars Grael.

A obra mede 6,30m de altura, 6m de de comprimento e 5 de largura. Pesa 5 toneladas, foi pintada de esmalte sintético e é a representação estilizada de um conjunto de barcos à vela.