ACESSIBILIDADE | Ir para conteúdo (alt+1) | Ir para menu (alt+2) | Ir para a busca (alt+3) | Ir para o rodapé (alt+4) | Contraste (alt+5) | Download VLibras
FEIJUCA DO IATE JÁ TEM DATA MARCADA
18/01/2019 - #Jornal Semanal

A aguardada Feijuca do Iate Clube de Brasília vem aí para agitar as festividades pré-carnavalescas da capital, no dia 23 de fevereiro, com muito samba e axé, com shows de Dhi Ribeiro e Guga Cammafeu, além de DJ nos intervalos. O evento será realizado no Salão Social do Clube e este ano terá três horas a mais de duração. Será das 13h às 22h!

Serão nove horas de diversão e animação, com muita fartura, com buffet premium completo de feijoada, com carnes separadas e sobremesa. Haverá, ainda, open bar de chopp, caipirinha, caipiroska, refrigerante, suco e água.

O tema deste ano será muito especial. A Feijuca fará um resgate dos antigos carnavais do Iate, desde aqueles que aconteciam no Galpão da Náutica. Nesta edição, a Feijuca também terá um viés de responsabilidade ambiental e todos os participantes vão receber, logo na entrada, um copo ecológico personalizado, para ser usado no próprio evento para sua bebida de preferência. Além do copo ecológico, haverá na Feijuca copos descartáveis biodegradáveis.

Em breve informaremos, aqui no Jornal do Iate, a data do início das vendas dos ingressos, que vão custar R$ 140 para Sócios e R$ 190 para não sócio – valores referentes ao 1º lote. Crianças de até 07 anos de idade não pagam (sem direito a camiseta e sem lugar à mesa) e de 08 a 14 anos, pagam apenas R$ 55 (Sócio) e R$ 85 (não sócio). Menores de 18 anos terão acesso apenas acompanhados dos pais ou 
responsáveis legais e deverão estar munidos de documento de identificação.

Shows - Veterana do samba, Dhi Ribeiro completou 30 anos dedicados à música em 2018 e celebrou com o lançamento de seu primeiro DVD, ‘Leme de la Liberation’. A cantora costuma dizer seu samba é resultado de uma mistura no caldeirão de influências: nascido no Rio de Janeiro, criado em Salvador e com sede em Brasília há 25 anos. Sua marca é a busca pela qualidade e diversidade dos grandes cantores brasileiros.

Em sua carreira, Dhi sempre privilegiou o repertório que trata de três temas: fé, raiz e amor. “Fé para ter a certeza do que fazer, para se dedicar a quem você é. Acreditar que isso pode levar, mas nunca falha. Raiz é a fonte de inspiração, do momento de encontro com os grandes, da lembrança de imersão e absorção do conhecimento dos mentores. Ame ser intenso, transbordar o que é melhor, de dentro para fora e de fora para dentro”, contou a cantora. 

E de volta à Feijuca, estará um dos artistas com maior expressão no cenário musical de Brasília, Guga Cammafeu! Conhecido por seu carisma e profissionalismo, o cantor brasiliense já abriu shows de grandes artistas como Saulo, Natiruts, Durval Lélis e Timbalada. Suas principais influências vão do samba ao axé music, passando por MPB e reggae. Seus shows são sinônimo de alegria e alto astral. Quem vier à Feijuca, pode esperar um show muito dançante, com ritmos brasileiros.