Futebol

Se para os adultos o futebol é uma paixão, para os atletas mirins não é diferente. O esporte mais popular do Brasil também é um dos que mais possuem adeptos no Iate. Além de melhorar a capacidade cardiovascular, estimular a velocidade de reação, coordenação motora, o futebol também faz com que a criança aprenda a ser menos individualista. “O Gabriel adora jogar. Acredito que o futebol é importante para que a criança aprenda o espírito de coletividade. Além disso, meu filho fez muitos amigos na escolinha. Então, além do benefício físico, acho que a amizade que ele fez é o que mais importa”, conta o sócio André Luís da Cunha, pai do Gabriel Cunha, de 8 anos.