Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Brasileiro de Patinação Artística será realizado no Iate

Após seis anos, o Iate Clube de Brasília será a sede do Campeonato Brasileiro de Patinação Artística, entre os dias 24 de fevereiro e 5 de março. Paralelamente, ainda acontecem as provas dos Torneios Nacional e de Aspirantes.

Realizada pela Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação (CBHP), a competição conta com o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) do Distrito Federal. O Brasileiro é a disputa nacional mais importante do ano para os patinadores, pois possibilita a classificação para os campeonatos internacionais do esporte. 

Aproximadamente 500 atletas, representando 46 diferentes agremiações de seis estados (Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Goiás e Rio de Janeiro), além do Distrito Federal, estarão presentes no evento.

Pelo Iate, competem 30 atletas em diferentes estilos, como Solo Dance e Livre, e a expectativa é que o time conquiste vários pódios, especialmente após a excelente participação na edição do nacional em 2022. 

“A preparação para eventos deste porte exige muito esforço e disciplina dos atletas e da comissão técnica. No caso do Iate, parte do trabalho foi iniciada há cinco anos, com muitos treinos e a participação em diferentes eventos. Estamos muito felizes em voltar a receber o Brasileiro e com boas expectativas de medalhas em todos os estilos”, espera a Vice-Diretora de Patinação Artística, Renata Bauer.

Quem vier ao Clube acompanhar as competições terá a oportunidade de apreciar as apresentações de renomados patinadores, campeões sul-americanos, pan-americanos e atletas que já disputaram títulos no circuito mundial. “Além de ser uma oportunidade singular de prestigiar nossos patinadores e torcer pela equipe”, complementa a Vice-Diretora.

Em entrevista à Agência Brasília, a patinadora do Iate Clara Barbosa, 19 anos, vice-campeã sul-americana juvenil 2019, falou da sua expectativa em participar do campeonato aqui na sua cidade.

“Chegou o momento pelo qual nós esperávamos e agora é hora de mostrar o resultado daquilo que temos treinado dia após dia, entre estudos e competições. Vamos mostrar para todos que arte e esporte caminham juntos”, ressalta Clara, que é irmã da atleta Mell Barbosa, 16, medalha de bronze na Artistic World Cup Juvenil 2022.

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Outras matérias